15 jun, 2024
0 ° C

Alckmin se reúne com empresárias para elaborar políticas de empreendedorismo

Ontem, dia 30, a pasta deu pontapé inicial com a mesa “Empreendedorismo Feminino: um olhar inclusivo, inovador e tecnológico”; objetivo é pensar em medidas que atendam critérios de equidade, diversidade e inclusão

O MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços) promoveu, na quinta-feira (30/3), a mesa “Empreendedorismo Feminino: um olhar inclusivo, inovador e tecnológico”. O encontro reuniu representantes de grandes, médias e pequenas empresas, além de empreendedoras autônomas.

O evento abriu o ciclo de debates, que contará com outras quatro mesas do tipo nos próximos meses. As conversas têm como objetivo abordar questões centrais para as mulheres, de modo a elaborar políticas da pasta voltadas para o empreendedorismo no país.

Segundo a secretária executiva adjunta da pasta, Aline Damasceno, a ideia é convidar as mulheres para a elaboração de políticas públicas. “A gente espera que esse debate ajude a identificar os principais desafios para a participação feminina nas políticas de desenvolvimento prioritárias do ministério, e sair com propostas concretas”, explicou.

Grupos de trabalho temáticos serão formados, com encontros ao longo do ano. Farão parte desses grupos representantes do setor público, privado, terceiro setor e organismos internacionais, para que medidas do MDIC atendam a critérios de equidade, diversidade e inclusão.

Empoderamento
O vice-presidente e ministro da pasta, Geraldo Alckmin, destaca que ter a própria fonte de renda é uma ferramenta de empoderamento feminino. “Neste sentido, os organismos têm um papel importante, num movimento de capacitação para poder se avançar nos objetivos de apoio às pequenas, médias e grandes empresas. A luta das mulheres é a luta de toda sociedade”, comentou.

Diversas empresárias e representantes do governo participaram da mesa desta quinta, entre elas a diretora-executiva do Big Box Supermercados e Ultrabox Atacadão, Bruna Habka; a presidente do Conselho Diretor do IMREA HC da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Linamara Battistella; a diretora e presidente da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), Marcela Flores; a presidente da Confederação Nacional dos Artesãos do Brasil (Cnarts), Márcia Oliveira; a vice-presidente de Logística, Operações e Segurança da Caixa Econômica Federal, Mônica Monteiro; e a Diretora de Estudos e Políticas Setoriais, de Inovação, Regulação e Infraestrutura do Ipea, Fernanda De Negri.

Fonte: Correio Braziliense