Sem Categoria

Automação traz importantes resultados para as empresas

Sem Categoria

Automação traz importantes resultados para as empresas

A necessidade de desenvolver vantagens comparativas que tornem a cadeia produtiva e o produto em si diferenciado dos demais levou a criação de diversas tecnologias que tem como objetivo melhorar a produtividade de uma empresa e ajudá-la a sobreviver: a automação.

Os investimentos nessa área têm se tornado cada vez mais incisivos e podem melhorar os negócios, a começar pela redução de custos e processos, que gera ganhos de produtividade.

Confira entrevista com João Carlos de Oliveira, presidente da GS1 – Associação Brasileira de Automação.

O que é automação?

São ferramentas voltadas para a tecnologia, tanto no aspecto gerencial como no aspecto de apoio. Utilizamos, muitas vezes, em situações muito simples como em um controle de estoque. Se ele estiver automatizado, é possível apresentar mais eficiência em menor tempo. Então, automação é fundamental para uma empresa necessitada e carente dessas ferramentas.

Quais segmentos podem ser atendidos com a automação?

A automação cada vez mais é importante para qualquer segmento de negócio, seja ele serviço, varejo ou indústria. É uma ferramenta multisetorial, permitindo que ajude negócio como supermercados, hospitais, hotéis, bares, distribuidor têxtil etc.

Ela não só facilita o dia a dia como ajuda uma empresa a se desenvolver, reduzindo processo, diminuindo operação, baixando custo e, principalmente, melhorando a produtividade.

Essas tecnologias servem apenas para grandes empresas?

Não. As pequenas empresas, antes de nos procurar, pensam que automação não é coisa para elas, acham que atende apenas uma empresa grande. Esse pensamento não está correto. Mesmo aquele pequeno varejista, que tem uma pequena loja com um pequeno faturamento, pode melhorar o seu negócio por meio da automação. Seja para melhorar o controle de estoque, para melhorar o gerenciamento das vendas ou, até mesmo, para controlar seu nível de margem de produtividade.

Pode dar um exemplo de tecnologia?

Uma das tecnologias, que não é a mais conhecida, é a etiqueta de radiofrequência. Quando aplicada no produto, permite ao empreendedor, por meio de um equipamento específico, definir os estoques de forma segmentada. Isso, daqui a dez anos, vai estar quase tão conhecido e essencial como está o código de barras hoje. Mas é um processo gradual. O próprio código de barras, que está há 33 anos no Brasil, levou quase 15 anos para chegar num patamar de 20% de utilização pelo mercado utilizando. Hoje, é praticamente 100%.

Compartilhe:
Relacionadas
Sem Categoria

Hoje é o Dia Internacional da Proteção de Dados

*Cristiane Manzueto e Rodrigo Leal Embora privacidade e proteção de dados estejam, atualmente, no centro das atenções por conta do avanço das… Compartilhe:
Sem Categoria

Hauly e José César discutem a Reforma Tributária

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) promoverá, nesta quarta-feira (2), às 16h, uma conversa entre o consultor tributário e economista, Luiz… Compartilhe:
Sem Categoria

Inova Varejo realiza live sobre fidelização de clientes

Projeto recebe Guilherme Vasconcelos, CEO da Cliente Fiel, startup que cria aplicativos de delivery com foco em fidelização de clientes Com o… Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.