18 maio, 2024
0 ° C

CNDL participa de encontro dos núcleos gaúchos das mulheres empreendedoras

O objetivo do 1º Encontro da Mulher Empreededora foi criar o Comitê Estadual da Mulher Empreendedora no RS, que será integrado pelos NME (Núcleos das Mulheres Empreendedoras) – cada um vinculado a uma CDL.

À esquerda, Ivonei Pioner, presidente da Federação Varejista do RS; Dione Pioner, esposa de Ivonei; vestindo branco, Lúcia Leijôto, coordenadora do Mulheres que Constroem o Varejo; Carmem Dalcin, coordenadora do NME de Caxias do Sul; e à direita, Débora Lunardi, diretora da Mulher Empreendedora do RS

A Federação Varejista do Rio Grande do Sul (RS), por meio de sua Diretoria da Mulher Empreendedora, reuniu em Porto Alegre, nesta quinta-feira (30/3), as lideranças femininas do movimento cedelista no estado. O objetivo do 1º Encontro da Mulher Empreededora foi criar o Comitê Estadual da Mulher Empreendedora no RS, que será integrado pelos NME (Núcleos das Mulheres Empreendedoras) – cada um vinculado a uma CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas).

“Estamos realizando uma reunião com os núcleos já existentes. Hoje, o estado tem mais de 12 CDLs que já realizam ações para as mulheres empreendedoras”, conta Débora Lunardi, diretora da Mulher Empreendedora da Federação Varejista do RS. “Neste encontro, entregamos um manual de implementação dos NMEs, pois, queremos fazer um trabalho bem-organizado e que seja mais ou menos padronizado em todos os núcleos, de forma que haja iniciativas pontais e gerais”, acrescenta.

A CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) esteve presente no evento, e foi representada por Lúcia Helena Leijôto Pinto, assessora especial da Presidência e coordenadora nacional do projeto MCV (Mulheres que Constroem o Varejo); e Karoline Lima, coordenadora de RIG (Relações Institucionais e Governamentais). As especialistas compartilharam as ações e conquistas da CNDL em um ano de Mulheres que Constroem o Varejo, que tem estimulado, entre outras coisas, as entidades do Sistema CNDL a promover o empreendedorismo feminino.

“O projeto Mulheres que Constroem o Varejo, lançado pela CNDL7 em março de 2021, tem como objetivo geral reconhecer a força feminina nos ambientes de negócios, bem como fomentar e apoiar as mulheres empreendedoras e estimular mais mulheres para criação de novas empresas competitivas e tornar seu empreendimento economicamente ativo”, explica Lúcia Leijôto.

“Juntamente com a equipe de mulheres da CNDL, construímos uma série de ações voltadas ao desenvolvimento das mulheres empreendedoras que visam a construção e aprovação de políticas públicas especificas para o universo das mulheres e da igualdade de gênero”, completa a coordenadora nacional do MCV.

Comitê gaúcho
O objetivo do Comitê Estadual da Mulher Empreendedora no RS é ser uma rede de apoio para as mulheres empreendedoras. Ao longo de 2023, a Federação realizará mais quatro encontros com os núcleos e um grande encontro estadual para discutir o empreendedorismo feminino, previsto para outubro.

“A gente sabe que, neste pós-pandemia, o número de mulheres empreendedoras cresceu muito no setor varejista. Somos mais de 48% no setor em todo país. Então, precisamos dar visibilidade ao tema, criar uma rede de networking e buscar fortalecer os empreendimentos femininos e aumentar a participação delas em cargos de liderança”, afirma Débora Lunardi.

Confira algumas fotos do encontro: