14 jul, 2024
0 ° C

Consumo sustentável em ascensão: 37% dos brasileiros valorizam produtos ecológicos

Entrevistados afirmam estar cada vez mais preocupados com a sustentabilidade e a qualidade do que consomem, segundo levantamento

Shutterstock
produtos ecológicos

O consumo sustentável leva em consideração os impactos ambientais, com foco em promover o uso mais consciente da matéria-prima, bem como novas maneiras de se sustentar. Esse tipo de estratégia e pensamento é fundamental para que possamos gerar menos impacto no planeta e garantir uma melhor qualidade de vida das gerações.

De acordo com a pesquisa “Tendências de bens de consumo 2024”, realizada pela Opinion Box em parceria com a Neogrid, uma mudança significativa está em curso nos hábitos de compra dos brasileiros, especialmente no setor de supermercados. Os resultados revelam um aumento no valor atribuído à sustentabilidade e à qualidade dos produtos durante o processo de compra. Sendo mais de um terço (37%) dos consumidores estão demonstrando disposição para pagar um preço mais elevado por produtos considerados ecológicos ou sustentáveis.

Os números observados no levantamento vão de encontro da tendência global de maior preocupação da população com os fatores ambientais e sustentáveis. Para Roberta Atherino, head de Produto da Horus, uma marca Neogrid, o cliente está analisando e revendo os tipos de produtos que estão sendo levados para casa. “Com todo o debate mundial envolvendo as mudanças climáticas e as responsabilidades de cada indivíduo, o consumidor tem refletido sobre como ele pode contribuir com um futuro mais ecologicamente sustentável e esse movimento passa pela escolha de produtos mais alinhados ao seu estilo de vida”, afirma Roberta.

Outras tendências

A pesquisa da Opinion Box também mostra que aproximadamente 50% dos consumidores afirmaram estar preocupados se o tipo de embalagem do produto é sustentável ou não, influenciando diretamente na escolha. Além da sustentabilidade, 70% dos entrevistados do levantamento avaliam se o item é orgânico ou se possui menor concentração de hormônios e aditivos.

Para completar, o veganismo é outra tendência em alta e bastante questionada pelos consumidores, possibilitando um crescimento ainda mais impactante nos próximos anos. De acordo com a marca Horus, alimentos veganos cresceram cerca de 35% em relação ao início de 2022 e apresenta movimento positivo para o setor.