14 jul, 2024
0 ° C

Dose de otimismo! Representatividade feminina na área de tecnologia está crescendo

Mulheres na tecnologia: avanços e desafios na luta por igualdade

Shutterstock
Dose de otimismo! Representatividade feminina na área de tecnologia está crescendo

O avanço da representatividade feminina na indústria de tecnologia e dados traz uma nova perspectiva ao mercado de trabalho. Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a disparidade salarial entre gêneros está em declínio, além disso, o levantamento realizado pela Crescimentum, empresa de educação corporativa, aponta uma tendência animadora: a presença feminina em cargos de liderança também está em ascensão.

Esse aumento das mulheres em posições de liderança não apenas representa uma mudança cultural, mas também sinaliza o início da superação de barreiras históricas e a ampliação de oportunidades para profissionais do sexo feminino no universo tecnológico. Mariana Versiani, gerente de Gente & Gestão na Zoox Smart Data, reconhece que está havendo mais espaço para as mulheres, mas faz ressalvas.

“Ainda em 2024, as mulheres no mercado de tecnologia enfrentam obstáculos significativos. A desigualdade de gênero persiste, especialmente em cargos de liderança. Vieses inconscientes, muitas vezes expressos como preconceitos sutis, podem influenciar decisões de contratação, promoção e avaliação, afetando a progressão profissional das mulheres. Por outro lado, acredito que estamos no caminho certo para superar essas barreiras e criar um ambiente mais inclusivo e igualitário para todas as profissionais da área”, afirma a executiva.

Apesar dos avanços, ainda há necessidade premente de desenvolver e aprimorar habilidades interpessoais fundamentais, tais como criatividade, resolução de problemas e um forte senso de ownership. E nesse cenário de diversas transformações, a adaptabilidade se torna essencial para impulsionar o progresso e encontrar soluções plausíveis.

A gerente da Zoox Smart Data detalhou caracteristicas observadas em cada uma das quatro habilidades, principalmente para ampliar a representatividade feminina no mercado tecnológico:

  1. Adaptabilidade: estar disposta a aprender continuamente e se adaptar rapidamente às mudanças.
  2. Inovação e curiosidade: cultivar uma mentalidade inovadora, buscando novas abordagens e acompanhando as tendências do mercado para aprimorar nossas entregas e resultados.
  3. Resolução de problemas: atuar proativamente para enfrentar desafios, aplicando soluções customizadas e criativas.
  4. Sentimento de dono: independentemente de ocupar uma posição de liderança, demonstrar influência positiva sobre os colegas de equipe e contribuir para o avanço do time.