20 jul, 2024
0 ° C

Estratégias vencedoras: planejamento para obter sucesso em 2024

Falta 13 dias para o fim do primeiro mês do ano, mas ainda dá tempo de fazer o planejamento estratégico do negócio para 2024.

Pesquisa inédita da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) aponta que pouco mais de 60% dos brasileiros esperam um cenário econômico melhor para o Brasil em 2024. Ainda segundo o levantamento, entre aqueles que possuem algum projeto para este ano que envolve planejamento financeiro (95% dos entrevistados), 28% pretendem comprar/reformar a casa e 27% fazer uma viagem. O estudo será divulgada ainda este mês.

Esse otimismo da população certamente apresenta oportunidades de negócios para os empreendedores brasileiros, o que exige planejamento. Faltando 13 dias para o fim do primeiro mês do ano, os especialistas em gestão de empresas garantem que ainda dá tempo de fazer o planejamento estratégico para 2024. A medida é essencial para qualquer empreendimento não só ter bons resultados, como ter parâmetros para medir e avaliar o seu desempenho.

Felipe Macedo: “Trata-se (o planejamento estratégico), na verdade, de um verdadeiro mapa do tesouro”

“A revisão de ano é mais importante do que qualquer outra coisa. Se você não revisar como foi 2023, provavelmente vai repetir muitas das coisas (erros) e não terá crescimento”, comenta Raul Candeloro, diretor da VendaMais, empresa especializada em vendas, e autor de 15 livros – entre eles, o best-seller ‘Princípios da Alta Performance’.

“Quando eu atinjo ou não metas, preciso olhar o que fez com que alcançasse ou não esses objetivos. A questão não é só a meta em sim, mas a definição de como será conquistada”, Candeloro ensinou ainda em sua participação no episódio #114 do nosso podcast, o Varejo S.A. Podcast.

Com um cenário social e tecnológico em constante evolução, os varejistas que prosperam são aqueles capazes de antecipar tendências, adaptar-se rapidamente e implementar estratégias eficazes. Por isso, é crucial que os lojistas elaborem um planejamento estratégico robusto para enfrentar os desafios e explorar oportunidades.

“Trata-se, na verdade, de um verdadeiro mapa do tesouro. O seu teor baliza a tomada de decisão e é capaz de antever situações. Ainda, o planejamento estratégico possibilita aos gestores a identificação dos pontos fortes e fracos. Isso oferece o mapeamento objetivo da situação atual e constrói bases para possíveis alternativas”, resume Felipe Macedo, co-CEO e Fundador da Corebiz, empresa especializada na implantação de negócios digitais na Europa e na América Latina.

“Esse trabalho envolve análise de conjuntura – em que lugar a empresa está – e a formulação de alternativas para a construção do destino almejado, isto é: onde se deseja chegar. E sua construção não acontece de maneira imediata, já que demanda constante atualização e adaptação porque imprevistos e mudanças de cenários estão sempre suscetíveis a acontecer, principalmente nos quesitos políticos, sociais e econômicos”, acrescenta Macedo.

Confira 10 dicas valiosas para os varejistas definirem um planejamento estratégico de sucesso para 2024:

1. Faça um diagnóstico da situação atual da empresa
Comece o processo de planejamento estratégico analisando dados de vendas, comportamento do consumidor e tendências de mercado. Isso também inclui analisar os aspectos financeiros, operacionais, comerciais, humanos, tecnológicos, legais e ambientais.

2. Compreensão do consumidor
Utilize ferramentas analíticas para compreender as preferências e expectativas dos clientes. Uma visão profunda do perfil do consumidor é essencial para personalizar estratégias de marketing e oferecer experiências de compra mais relevantes. Utilize os dados coletados para oferecer recomendações personalizadas, programas de fidelidade exclusivos e promoções direcionadas.

Lembre-se: clientes satisfeitos não apenas retornam, mas também se tornam defensores da marca.

Todo planejamento começa pela avaliação das ações e resultados do ano anterior

3. Estabeleça metas e objetivos claros e específicos
As metas devem ser mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais.

4. Desenvolva estratégias para alcançar os objetivos
As estratégias devem ser realistas e considerar os recursos disponíveis.

5. Defina um plano de ação para implementar as estratégias
O plano de ação deve ser detalhado e com cronograma pré-estabelecido.

6. Monitore e avalie o desempenho da empresa
Isso ajudará a identificar os pontos fortes e fracos do planejamento e a realizar os ajustes necessários.

7. Invista em inovação
As empresas que se adaptarem às mudanças do mercado e oferecerem produtos e serviços inovadores terão mais chances de sucesso.

8. Faça uso da tecnologia
A tecnologia é peça-chave no varejo moderno, pois ajuda as empresas a melhorar a produtividade, a eficiência e o atendimento ao cliente. Considere a implementação de soluções como inteligência artificial, análise de dados em tempo real e realidade aumentada para aprimorar a experiência do cliente. Essas inovações não apenas atraem consumidores, mas também otimizam as operações internas.

9. Invista em treinamento e desenvolvimento de pessoas
Os colaboradores qualificados são essenciais para o sucesso de qualquer empresa.

10. Crie uma cultura de inovação e colaboração
As empresas que incentivam a criatividade e a colaboração de seus colaboradores são mais propensas a inovar e se destacar no mercado.