Sem Categoria

GS1 Brasil e CNDL unem forças para capacitar empresas brasileiras com tecnologias de automação

Com o objetivo de fortalecer o setor varejista no Brasil, a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil e a CNDL uniram forças para capacitar supermercados, minimercados, segmento de confecções e calçados, com tecnologias de automação. Confira entrevista com o executivo de negócios da GS1 e saiba mais como será o acordo de cooperação técnica entre as entidades.

[sc name=”img-post-app” caminho=”http://revistavarejosa.com.br/wp-content/uploads/2016/12/4-entrevista-gs1.jpg” ]

Como e quantas capacitações serão feitas?

O projeto que chamamos de cooperação em regime de parceria entre as entidades, terá como meta inicial o atendimento de 500 empresas num prazo de 12 meses, cabendo às entidades do Sistema CNDL a seleção das empresas varejistas que possuam interesse na implantação inicial da automação comercial em seus estabelecimentos ou até mesmo, para aquelas que desejam ampliar suas soluções já existentes.

Para tanto, o projeto contará com a GS1 Brasil fornecendo informações técnicas pertinentes aos benefícios da automação comercial e a possibilidade do contato destes varejos com empresas de tecnologia parceiras do projeto em cada região e setores eleitos, para facilitar o acesso e a implementação da automação nos pontos de vendas.

Quais benefícios serão oferecidos?

O benefício inicial é o de acelerar o processo de automação do setor varejista.

O projeto contará com a divulgação de trilhas de conhecimento que deverão ser percorridas, para que o estabelecimento entenda quais pontos-chave deverão ser mapeados junto aos provedores de solução da automação. O uso de tecnologias de tecnologias de hardwares, softwares e serviços disponíveis no mercado, são importantes para a efetividade do projeto, com adesão às legislações fiscais locais exigidas e de acordo com o padrão normativo.

Neste processo de pulverização direta da informação, haverá também a disseminação dos padrões GS1 que servem como base para desenvolvimento de uma série de soluções, no campo de rastreabilidade, visibilidade e a importância de uma linguagem única para controle de todos os elos da cadeia por qual os produtos passam. Isso facilita a gestão do lojista, impactando positivamente na percepção do consumidor final.

Qual envolvimento e atividades das duas entidades no projeto?

O envolvimento das duas entidades será conjunto, permitindo ao varejo associado à CNDL utilizar os benefícios da automação comercial, através de ações práticas também sugeridas pela GS1 Brasil.

 

Relacionadas
Sem Categoria

Teste de postagem site Varejo S.A

A grande maioria dos consumidores (78%) pretende pagar o presente à vista, principalmente no PIX (29%), dinheiro (25%), no cartão de débito…
Sem Categoria

Hoje é o Dia Internacional da Proteção de Dados

*Cristiane Manzueto e Rodrigo Leal Embora privacidade e proteção de dados estejam, atualmente, no centro das atenções por conta do avanço das…
Sem Categoria

Hauly e José César discutem a Reforma Tributária

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) promoverá, nesta quarta-feira (2), às 16h, uma conversa entre o consultor tributário e economista, Luiz…