22 fev, 2024
0 ° C

O efeito multiplicador do empreendedorismo feminino

Empoderar mulheres e meninas tem um efeito multiplicador e colabora com o crescimento econômico e o progresso da sociedade como um todo.

Por José César da Costa
Presidente da CNDL

Alcançar a igualdade entre homens e mulheres em todos os aspectos da sociedade é um trabalho e um dever de cada um de nós. Além de ser um direito humano básico, a igualdade entre os sexos é um dos pilares para a construção de uma sociedade livre, e crucial para acelerarmos o desenvolvimento sustentável. Empoderar mulheres e meninas tem um efeito multiplicador e colabora com o crescimento econômico e o progresso da sociedade como um todo.

A CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) está atenta aos desafios das mulheres brasileiras, em especial às empresárias do nosso país e a este necessário movimento de transformação. Por isso, como principal representante do varejo nacional, se comprometeu com a promoção e o fortalecimento das empreendedoras, por meio do projeto Mulheres que Constroem o Varejo. Nosso objetivo é marcar a importância e reconhecer a força feminina no ambiente de negócios, bem como contribuir para que mais mulheres construam empresas competitivas e capazes de gerar riqueza e renda.

No ano passado, o projeto teve seu início no mês de março, quando é celebrado o Dia Internacional da Mulher, com diversas ações voltadas para o desenvolvimento de mulheres empreendedoras e em busca de políticas públicas específicas para o universo das mulheres e da igualdade de gênero. O projeto cresceu, ganhou força e apoio de entidades de norte a sul do país.

Criamos também o Comitê Mulheres do Sistema CNDL, grupo que constrói as pautas e projetos voltados para as mulheres empreendedoras associadas do Sistema CNDL.

Em seu segundo ano de realização, o Mulheres que Constroem o Varejo busca agora dialogar sobre o papel das mulheres como precursoras das mudanças tão necessárias em nossa sociedade.

No dia 08 de março, Dia da Mulher, a CNDL realizou uma live com o tema ‘Mulheres que Constroem o Varejo – Precursoras da Mudança’. O encontro virtual terá a participação de Fátima Merlin, especialista em Varejo, Comportamento do Consumidor e Shopper; Cibele Vacchiano, especialista em Bens de Consumo, Varejo e Negociação Colaborativa; e Sandra Takata, presidente do Instituto Mulher do Varejo.

Durante a live, a CNDL também lançou a segunda edição da cartilha “Mulheres que Constroem o Varejo”, um trabalho feito pela CNDL em parceria com a Procuradoria da Mulher do Senado Federal. A publicação traz algumas mudanças e transformações que as empreendedoras podem realizar nos negócios para alcançar sucesso e crescimento. Além disso, aborda projetos e iniciativas realizadas pelas FCDLs (Federações das Câmaras de Dirigentes Lojistas) e CDLs que visam fortalecer o segmento e temas em tramitação no Congresso Nacional que merecem especial atenção.

A segunda live está marcada para o dia 22 de março, e terá a participação de representantes femininas do governo, como ministras e parlamentares, que debaterão as pautas voltadas para o empreendedorismo feminino. Na ocasião, a CNDL entregará para as lideranças femininas do setor público um manifesto com pautas prioritárias e temas que precisam de atenção do governo.

Além disso, teremos uma cobertura especial para os canais de comunicação da CNDL, com podcasts, entrevistas, vídeos, artigos e campanhas voltadas para o empreendedorismo feminino.

Ao longo de todo o mês de março, as FCDLs e as CDLs também realizarão encontros, lives, palestras, rodadas de negócios, entre outros eventos, para discutir o papel das mulheres como precursoras da mudança no setor de Comércio e Serviços.
Mais uma vez, o Sistema CNDL se mostra unido em torno de uma pauta necessária para o desenvolvimento do varejo e do país. Juntos, homens e mulheres, empreendedores e empreendedoras, construiremos um caminho mais justo e igualitário.
Formular e acompanhar políticas de contratação sem distinção de gênero, desenvolvimento de competências, ampliação da diversidade no varejo e a expansão de oportunidades para empresas lideradas por mulheres, é o único caminho para o crescimento do país.

Venha fazer parte desta mudança.

Juntos Somos Mais Fortes.