Sem Categoria

O lojista vai aonde o povo está

“Hoje em dia, se você não for atrás do seu cliente, nada garante que ele virá até você”, Pedro Mendes

“Hoje em dia, se você não for atrás do seu cliente, nada garante que ele virá até você”, Pedro Mendes

Pedro Barros Mendes é economista e, assim como o pai e o irmão, trabalhou na construção civil – teve uma pequena firma do ramo. “Mas, sabe como é, todo cearense já nasce comerciante”. Depois de se cansar de ser empreiteiro e se mudar de Fortaleza para Brasília, o jovem empreendedor, de 33 anos, resolveu trabalhar com o que sempre gostou: café e livros.

Seguindo uma tendência dos millennials, investiu em mobilidade para se diferenciar da concorrência. E assim nasceu o Book Truck Café, uma Kombi modificada, reformada, caprichada, com um balcão de inox e um sistema de água e esgoto, que frequenta os numerosos eventos a céu aberto da capital da República. “Comecei em abril e já dobrei meu faturamento inicial”, comemora ele, que trabalha com a esposa, Mona.

“Hoje em dia, se você não for atrás do seu cliente, nada garante que ele virá até você”, ensina Mendes. Outra vantagem que ele vê é o fato de que, na Kombi, ele não precisa ficar preso ao chamado horário comercial. “Vendo de manhã, vendo de madrugada, vendo segunda-feira, vendo domingo”, explica.

Algo que observou também é que sua loja é mais orgânica, ou seja, atua de acordo com as demandas, tendo mais facilidade de sair de eventuais crises econômicas. Antes, vendia só livro e café, mas percebeu a demanda por comida e discos de vinil, que voltaram à moda e são caros. Ele estaciona sua Kombi em uma dezena de lugares no Distrito Federal, arma a mesa e expõe seus produtos. A venda é certa.

“É uma lógica mais dinâmica de varejo, que permite se adequar aos diferentes anseios do público consumidor”, descreve. Mas será que Mendes pensa em ter uma loja física? “Pode ser. Talvez seja importante para aumentar o faturamento, mas o mercado é quem vai dizer. Engana-se quem pensa que isso é algo hippie; pelo contrário, é puro capitalismo”, conclui.

 

 

 

 

Relacionadas
Sem Categoria

Teste de postagem site Varejo S.A

A grande maioria dos consumidores (78%) pretende pagar o presente à vista, principalmente no PIX (29%), dinheiro (25%), no cartão de débito…
Sem Categoria

Hoje é o Dia Internacional da Proteção de Dados

*Cristiane Manzueto e Rodrigo Leal Embora privacidade e proteção de dados estejam, atualmente, no centro das atenções por conta do avanço das…
Sem Categoria

Hauly e José César discutem a Reforma Tributária

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) promoverá, nesta quarta-feira (2), às 16h, uma conversa entre o consultor tributário e economista, Luiz…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.