Os 10 e-commerce mais acessados pelos brasileiros

Saiu o Beyonde Borders 2020/2021, estudo da fintech Ebanx que apresenta os dez sites de e-commerce mais acessados pelos brasileiros. A pesquisa mostra que 2020 deve fechar com uma movimentação de US$ 112 bilhões e que só o Mercado Livre teve 256,4 milhões de acessos em julho, mais que o dobro do segundo colocado em visitas, a Americanas.com (116,9 milhões).

Empresa mais valiosa da América Latina, o Mercado Livre abocanha 46,5% de todo o tráfego em sites de e-commerce na América Latina, de acordo com a pesquisa. A Amazon, maior varejista on-line dos EUA, recebe apenas 10% dos acessos na região.

No Brasil, depois do Mercado Livre e do site da Americanas, aparecem a OLX (cerca de 100 milhões de visitas) e, apenas na quarta posição, a Amazon (70 milhões). O Top 10 se completa com Magazine Luiza (66,5 milhões), Casas Bahia (54,2 milhões), Aliexpress (34,4 milhões), Submarino (21,8 milhões), o Mercadolivre.com (de novo, mas sem o .br no final, com 21,1 milhões) e o Zoom (19 milhões).

Entre os quatro países pesquisados (Brasil, México, Colômbia e Chile), apenas os chilenos não têm o Mercado Livre como e-commerce favorito, preferindo o site da loja de departamentos local Falabella.

Segundo o levantamento da Ebanx, 52 milhões de consumidores aderiram ao comércio eletrônico na pandemia na América Latina, elevando o número em até 30% nos países da região.

Fonte: Globo on line

Relacionadas
Movimento Varejo

Índice mede satisfação do consumidor com o varejo nacional

A agência de publicidade e marketing Inroots acaba de lançar o Índice Nacional de Satisfação do Varejo (INSV). Com apoio do Núcleo… COMPARTILHAR:FacebookTwitterWhatsAppLinkedIn
Movimento Varejo

Segunda etapa da NRF também será 100% virtual

A segunda etapa da National Retail Federation (NRF), maior evento do varejo no mundo, que aconteceria de forma presencial em junho, será… COMPARTILHAR:FacebookTwitterWhatsAppLinkedIn
Movimento Varejo

70% das pequenas empresas vendem por canais digitais

Whatsapp, Instagram e Facebook são as plataformas mais usadas pelos pequenos negócios para se manterem no mercado O comércio eletrônico foi a… COMPARTILHAR:FacebookTwitterWhatsAppLinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.