Movimento Varejo

Participação das MPE nas compras públicas cresceu 93% nos últimos três anos

Cada vez mais, donos de pequenos negócios têm se tornado fornecedores de bens e serviços para o governo, participando de compras públicas. Dados obtidos pelo Sebrae apontam que há uma tendência de maior participação das micro e pequenas empresas (MPE) nesse mercado. Entre 2018 e 2021, os valores homologados pelas MPE aumentaram 93%, passando de R$ 21.261 bilhões para R$ 41.005 bilhões. Nesse período, as compras públicas movimentaram o total de R$ 493.997 bilhões, sendo que 26,20% desse valor corresponde aos pequenos negócios, ou seja, R$ 129.429 bilhões.

Dos 452,5 mil fornecedores cadastrados no sistema Compras.gov.br, 67,7% são micro e pequenas empresas, 297,2 mil ao todo. A maior participação, com 42%, é de microempresa e empresa de pequeno porte, com 19%. Os microempreendedores individuais (MEI) aparecem com a menor participação, de apenas 4,7%. Os números e dados extraídos são do Painel de Compras do Governo Federal.

A analista de Desenvolvimento Territorial do Sebrae Nacional Denise Donati explica que participar das compras públicas governamentais é uma das diversas oportunidades de atuação asseguradas aos pequenos negócios pela Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (LC 123/2006). A legislação garante que os pequenos negócios, inclusive MEI e pequenos agricultores, tenham tratamento diferenciado nos processos licitatórios, como exclusividade em compras de até R$ 80 mil.

“O Estado brasileiro é o maior comprador do país e a compra pública rege o comportamento do mercado e movimenta a economia local. Ao privilegiar os pequenos negócios locais nas aquisições do poder público, cria-se um círculo virtuoso, pois, ao ampliar seu mercado vendendo para o governo, os pequenos negócios têm mais chances de crescer e gerar mais empregos e renda e estimular o consumo no comércio local. Com isso, o município aumenta sua arrecadação e pode investir mais na qualidade de vida da população e melhoria do IDH”, avalia a analista.

O Sebrae tem atuado na implementação da norma nos municípios e colaborado para o aperfeiçoamento e a modernização das ferramentas digitais disponíveis, como o Portal Compras.gov.br e o aplicativo móvel APP Compras.gov.br. Atualmente, 3.243 municípios, ou seja, 58,24% estão cadastrados no sistema Compras.gov.br. Nesse caso, as prefeituras participam das diversas modalidades de licitação por adesão, comprando junto com o governo federal.

Fonte: Agência Sebrae

Relacionadas
Movimento Varejo

Por que fazer a gestão da carteira de clientes com a Inteligência de Vendas?

A carteira de clientes é uma estratégia de relacionamento entre empresa e clientes que aumenta as chances de um bom atendimento e as taxas de fidelização.
Movimento Varejo

Professora “Tik Toker” conta como deslanchou após fazer vídeos para a plataforma “de dancinhas”

Com décadas no mercado de aulas de espanhol, empreendedora faz parte dos mais de 600 mil atendidos pelo Sebrae nos últimos dois anos em busca de transformação digital
Movimento Varejo

DORITOS®, ANTRA e TODXS promovem ação em benefício de pessoas trans

Com início no Dia Nacional da Visibilidade Trans, marca e parceiros dão continuidade ao movimento #RespeitaMinhaIdentidade para promover ação popular em benefício de pessoas trans e travestis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.