Sem Categoria

Roque Pellizzaro Junior, presidente do SPC Brasil

Adaptação a um modelo digital sustentável e modernização dos birôs de crédito estão entre os principais desafios do catarinense

Reeleito para um segundo mandato à frente do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), o catarinense Roque Pellizzaro Junior enfrentará novos e importantes desafios: a adaptação da instituição a um modelo digital autossustentável, a desburocratização do acesso ao crédito, a melhoria das dinâmicas de trabalho dos varejistas e empresários brasileiros e a modernização do formato de birô de crédito, com a elaboração de novos produtos de rede.

“Entrar no mercado de crédito em meio a soluções digitais já não é mais um desafio para os birôs de crédito. O desafio, porém, é transformar o negócio em um modelo autossustentável, com planejamento estratégico digital definido e equipes preparadas para aprender e utilizar novas tecnologias”, afirma Pellizzaro. “Neste momento, novos produtos de rede são essenciais para atender a demandas cada vez mais exigentes e disruptivas de micro, pequenos e grandes empresários. São necessários produtos mais integrados e que produzam novas dinâmicas de trabalho”.

Pellizzaro destacou-se nacionalmente por conduzir as negociações, debates e estudos na luta pela regulamentação do mercado de cartões de crédito, já com algumas vitórias conquistadas, na questão da jornada de trabalho, na redução de tributos, na busca de relacionamento mais harmonioso entre os shopping centers e os lojistas, na expansão do movimento e na capacitação profissional dos lojistas, entre outras bandeiras.

 

“O desafio é transformar o negócio em um modelo autossustentável, com planejamento estratégico digital definido e equipes preparadas para aprender e utilizar novas tecnologias.”

 

Perfil

Nascido em Curitibanos (SC), Roque Pellizzaro Junior cursou Economia na Universidade Federal do Paraná (UFPR) e se graduou em Direito na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Foi presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) por dois mandatos consecutivos, entre 2007 e 2014, assim como presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Curitibanos e da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC).

O segundo mandato inicia em 1º de janeiro de 2018.

Confira, a seguir, a entrevista que fizemos com ele:

 

  1. Qual é a importância do SPC Brasil para o varejo?

O SPC Brasil é um birô de crédito pioneiro no Brasil e o responsável pela inclusão de milhões de brasileiros desbancarizados no mercado por intermédio do crédito. Nossa maior contribuição para a sociedade é democratizar o crédito e fomentar a economia por meio do consumo. Atualmente, atendemos aos varejistas, em especial, aos pequenos e médios, que pelo seu trabalho mantêm um modelo de varejo plural, pouco concentrado e baseado no associativismo.

 

  1. Quais são as conquistas do primeiro mandato como presidente do SPC Brasil?

Nos primeiros anos à frente do SPC Brasil, tivemos a oportunidade de participar do desenvolvimento de diversos outros serviços, a exemplo da certificação digital – hoje, já somos um dos cinco maiores certificadores do Brasil, proporcionando nova fonte de renda para as entidades afiliadas. A instituição está se modernizando, mas sem perder sua essência de credibilidade, norteada pela tradição e pioneirismo no varejo.

 

  1. Quais são os desafios para o novo mandato?

Devemos ter mudanças profundas no mercado de crédito no mundo e no Brasil nos próximos anos. A evolução das fintechs, a concentração do mercado financeiro e a entrada em atividade de novos concorrentes devem exigir mudanças em nossa forma de atender aos nossos associados. Essa mudança e a velocidade com que ela deverá ocorrer são nossos maiores desafios neste segundo mandato, rumo a 2021.

 

  1. O que estamos aprendendo com a crise?

A maior lição, não só desta crise, mas de qualquer uma, é que devemos estar atentos e aprender a pensar “fora da caixa”, ser diferente, inovador buscar a compreensão de nossas fortalezas e de como sair rapidamente de uma zona de conforto.

 

Relacionadas
Sem Categoria

Teste de postagem site Varejo S.A

A grande maioria dos consumidores (78%) pretende pagar o presente à vista, principalmente no PIX (29%), dinheiro (25%), no cartão de débito…
Sem Categoria

Hoje é o Dia Internacional da Proteção de Dados

*Cristiane Manzueto e Rodrigo Leal Embora privacidade e proteção de dados estejam, atualmente, no centro das atenções por conta do avanço das…
Sem Categoria

Hauly e José César discutem a Reforma Tributária

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) promoverá, nesta quarta-feira (2), às 16h, uma conversa entre o consultor tributário e economista, Luiz…

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.