Tendências e Inovação

E-commerce latino-americano ganha destaque em 2021

Apesar de concentrar os países de terceiro mundo, a América Latina voltou a se destacar em 2021 como um dos principais mercados de comércio eletrônico, com um crescimento de mais de 35% em comparação ao ano precedente, conforme dados do relatório eMarketer Insider Intelligence. Para 2022, a expectativa é de o crescimento acelerado eleve o patamar a 20,4%, puxado por resultados do Brasil, México e Argentina. Com isso, a região se consolidará como a segunda com maior potencial de crescimento global, logo atrás do Sudeste Asiático, que tem estimativa de alta de 20,6%.
Opinião

Aprendizados sobre a construção de modelos de precificação

Preço assertivo é aquele que proporciona boas vendas extraindo a maior rentabilidade possível de cada produto. Valores acima da média afastam clientes e derrubam o faturamento e, consequentemente, o lucro. Preços muito baixos até atraem compradores, mas também podem prejudicar as margens, fazendo o esforço de venda não valer a pena.
Economia e Finanças

Faturamento do comércio eletrônico sobe 11,2% em fevereiro

O volume de vendas realizadas pela internet cresceu 15,52% em fevereiro de 2022 em relação ao mesmo mês do ano passado. O faturamento do setor, por sua vez, expandiu 11,2%. Os dados, adiantados ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), são do índice MCC-ENET, desenvolvido pela Neotrust Movimento Compre & Confie, em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital (camara-e.net).
Movimento Varejo

O que o futuro reserva para o e-commerce no metaverso?

Falar do crescimento do e-commerce ficou tão rotineiro que se tornou monótono: já está mais que claro que esse será um setor em alta nos próximos anos, com tendência de ficar ainda maior em um curto período de tempo. Sendo assim, é de se esperar que novas estratégias e tecnologias surjam para incorporar o sistema do varejo eletrônico e melhorá-lo. Mas será que o e-commerce está preparado para abraçar a nova vida no metaverso?
Movimento Varejo

Cresce o número de lojas virtuais durante a pandemia

Passada a fase mais crítica da pandemia de Covid-19, o comércio eletrônico se mantém aquecido. Dados do Nielsen IQ|Ebit, referência de mensuração e análise do setor no país, demonstram que as vendas digitais na Black Friday subiram 5% em 2021 em relação à edição anterior, com um total de R$ 4,2 bilhões.