Economia e Finanças

Circulação de dinheiro em espécie se reduz nos primeiros meses do Pix

Com pouco mais de seis meses de funcionamento, o Pix apresenta uma possível tendência: a redução da circulação de dinheiro em espécie. Em 16 de novembro de 2020, quando o Banco Central iniciou a operação do meio de pagamento instantâneo, o Brasil tinha R$ 358,04 bilhões em dinheiro circulando, enquanto em 10 de maio deste ano eram R$ 341,11 bilhões disponíveis, uma redução de 4,7%.