Tendências e Inovação

Tecnologia revoluciona compras domésticas

Representante do novo varejo, a HomeRefill chega no cenário das startups com o serviço diferenciado. Fazer as compras domésticas sem sair de casa já conquistou milhares de clientes na região metropolitana de São Paulo.

Praticidade, economia e consumo consciente. A partir desses conceitos, quatro sócios investiram capital próprio e criaram a HomeRefill. O projeto saiu do papel em outubro de 2015, mas somente em setembro de 2016 é que foi lançada a atual versão da plataforma. A proposta dessa jovem startup é objetiva: facilitar a vida do consumidor ao possibilitar que ele faça as compras domésticas por meio de um site ou aplicativo, sem que seja preciso ir a um supermercado, enfrentar fi las nos caixas, gastar tempo no trânsito e, muitas vezes, comprar por impulso, adquirindo produtos desnecessários. Hoje, a startup atua apenas na Grande São Paulo, mas pretende expandir os serviços para o interior do estado ainda no primeiro trimestre do ano. Além da facilidade de comprar sem sair de casa, a HomeRefill promete economia. Isso porque a startup elimina os intermediários entre os fabricantes e os consumidores. No processo natural, os produtos saem das fábricas, chegam às distribuidoras e, de lá, são encaminhados aos supermercados, que fazem a revenda aos fregueses. A startup reduz esse percurso ao dispensar distribuidores e mercados. Ao comprar diretamente dos fabricantes, a HomeRefill adquire somente os produtos solicitados pelos clientes, não faz estoque e é capaz de praticar preços mais baixos. Segundo Guilherme Aere dos Santos, fundador e CEO da HomeRefill, o custo total da compra feita via aplicativo pode ser até 15% menor que o valor da mesma compra realizada em um supermercado tradicional. “A economia depende de alguns fatores: do comportamento do consumidor, do lugar onde se compra e dos produtos e marcas que se escolhe”, afirma.

Para determinar o preço de cada produto, a empresa monitora os maiores supermercados paulistanos, calcula o valor médio de cada item e vende abaixo dele. No preço cobrado pela HomeRefill, já estão incluídos os custos de operação, logística e lucro da empresa, que faz todas as entregas com frete gratuito, data e hora combinados. A startup também deseja provocar uma mudança de mentalidade, substituindo a compra por impulso pela prática do consumo consciente. “Os estabelecimentos criam uma composição, oferecendo alguns produtos mais baratos e outros mais caros. Para evitar esse desequilíbrio, que obriga o consumidor a comprar em vários lugares diferentes, nosso aplicativo faz a pesquisa dos valores. A inteligência que criamos compara os preços mais populares do mercado”, explica Guilherme. A Infoprice é responsável por esse monitoramento e comparação de preços. É uma startup – que também possui investimentos do CEO da HomeRefill – especializada em coletar os preços nos estabelecimentos comerciais e armazenar as informações.

[sc name=”img-post-app” caminho=”http://revistavarejosa.com.br/wp-content/uploads/2017/02/HomeRefill-4.jpeg” ]

COMO FUNCIONA O APLICATIVO

* 1º passo: O consumidor faz o download do aplicativo HomeRefill no smartphone ou acessa o site da startup. * Perfil do comprador: No cadastro, o cliente seleciona um perfil como “solteiro”, “lar com crianças” ou “pequeno escritório”, por exemplo. A partir daí, a plataforma já é capaz de sugerir produtos ideais à “sacola virtual” de cada um. Também são solicitadas informações como endereço e dados do cartão de crédito para pagamento automático da compra. * Carrinho virtual: No “shopping”, os produtos estão separados nas categorias Alimentos, Banheiro, Bebidas, Cuidados com a Roupa, Descartáveis e Utilitários, Higiene e Beleza, Infantil, Limpeza e Pet Shop. Além de escolher os itens preferidos de cada categoria, é possível elaborar uma lista personalizada de produtos, que será sugerida sempre que o consumidor voltar a fazer compras por meio da plataforma. Nessa etapa, o consumidor também leva em conta as marcas preferidas. Assim como em um supermercado tradicional, há diversas opções. * Débito ou crédito? Ao terminar a escolha dos produtos, o consumidor recebe o valor total a ser pago, incluindo a média de economia possibilitada pela compra via HomeRefill. Ao final, o cliente também escolhe a data de entrega dos produtos. Mesmo depois de finalizar a compra, o usuário pode adicionar ou retirar mercadorias da “sacola”. * Compras em casa: Os itens adquiridos chegam ao endereço cadastrado. Compra on-line finalizada, com economia de tempo e dinheiro!

O EMPREENDEDOR POR TRÁS DA INOVAÇÃO

Guilherme Aere dos Santos, de 26 anos, abandonou a faculdade de Ciência da Computação aos 17 para viver do próprio negócio. Criou sua empresa de TI em 2008, a Umanni, foi sócio da Arizona e hoje dedica-se inteiramente à HomeRefi ll que, de acordo com o CEO, cresce de 25% a 30% ao mês. “Meu trabalho sempre esteve associado ao varejo. Inevitavelmente, as tecnologias que criei propunham dar suporte tecnológico ou de marketi ng a micro e pequenas empresas, como restaurantes, bares e lojas. A ideia da HomeRefi ll é diferente: é levar a inovação às pessoas comuns, não apenas aos empresários. Criamos uma tecnologia em que o público fi nal é o consumidor”, ressalta o empreendedor. De acordo com Guilherme
o modelo de negócio da HomeRefill revela a importância de o fabricante ter real conhecimento sobre quem são seus clientes, como eles consomem e o que eles precisam. “Conseguimos aprimorar o modelo de distribuição de produtos de consumo essencial. Fizemos com que a roda de distribuição, desde o fabricante que projeta o quanto precisa fabricar, até o consumidor que avalia o produto e faz a demanda, ti vesse uma conexão maior. Tudo isso, garanti ndo que a dinâmica entre produzir e chegar ao público funcione de um jeito sustentável, ou seja, que seja cômodo e econômico, especialmente em relação aos produtos que todos precisam consumir, aqueles que são essenciais.” O aplicativo encerrou o ano com mais de 5 mil usuários
cadastrados, que têm à disposição aproximadamente 2600 produtos de diferentes marcas. Cerca de 60 funcionários trabalham na empresa, que superou o modelo do varejo tradicional, em que o comerciante compra mais do que vende, faz estoque e gera desperdício – o que diminui seus lucros. Para o futuro, a startup projeta parcerias com indústrias, para que a HomeRefill forneça tecnologia capaz de dimensionar a produção dessas empresas de forma mais inteligente. A parceria fará uso dos dados de nível de consumo gerados e interpretados pelo sistema on-line da HomeRefill e envolverá soluções para que os produtos fabricados pelos parceiros estejam adequados às reais necessidades dos consumidores.

Compartilhe:
Relacionadas
Tendências e Inovação

APAS Show: IoT e soluções conectadas diminuem perdas e melhoram experiência do shoppper

Dar inteligência aos dispositivos é a proposta da Inwave para revolucionar o setor trazendo mais segurança e atuando diretamente na redução de perdas e melhora da experiência do consumidor Compartilhe:
Tendências e Inovação

Índice de competitividade: importância e desafios do frete

A velocidade de entrega é um benefício percebido pelos clientes e, por causa disso, deve ser explorada ao máximo para maximizar os resultados. Compartilhe:
Tendências e Inovação

Indústrias relacionadas ao metaverso devem movimentar R$ 4 tri até 2024

Muito além do conceito, as indústrias que se formaram em torno do metaverso já movimentam números expressivos. De acordo com dados da Bloomberg Inteligence, segmentos como RV (Realidade Virtual) e de RA (Realidade Aumentada), games, cloud e outros, devem movimentar mais de R$ 4 trilhões até 2024. Compartilhe: