Fatos e Dados

Live ajudará lojas virtuais a se prepararem para a alta demanda na Black Friday

Organizado pela Corebiz, Let’s rock sales será realizado no próximo dia 10, a partir das 15h; especialistas em e-commerce vão explicar como aproveitar toda a potencialidade de vendas que o período oferece

A Black Friday está chegando, e a ordem no e-commerce é aproveitar ao máximo a mudança de hábito de consumo ocasionada pela pandemia de coronavírus. Na edição do ano passado, com a maior parte das lojas físicas fechadas ou com restrições em horários de funcionamento, as vendas on-line bateram recorde. A expectativa é que neste ano mais de 80% dos consumidores que vão aproveitar as ofertas da Black Friday o farão por meio da internet. A questão é: será que todas as lojas virtuais estão verdadeiramente preparadas para atender à gigantesca demanda que está por vir?

Com o objetivo de adequar o comércio eletrônico à enxurrada de compras esperada para o dia 26 de novembro, última sexta-feira do mês, a Corebiz realizará, no dia 10 de novembro, a partir das 15h, o evento Black Friday – Let’s rock sales. O encontro será virtual e totalmente gratuito. Os interessados em participar poderão fazer suas inscrições aqui.

As palestras serão ministradas por importantes nomes do mercado, que, além de se apresentarem individualmente, participarão de debates sobre as principais tendências para esta edição da Black Friday somadas a estratégias que podem potencializar os resultados do e-commerce. Entre os palestrantes estão Felipe Macedo, co-CEO e fundador da Corebiz; Daniel Moraes, CEO e fundador da Trinto; e Rodolfo Alves, vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios.

Os inscritos terão acesso a informações importantes como picos de acesso e instabilidade no sistema relacionado à escalabilidade, gestão de estoque, data-driven e marketing de guerrilha. “São temas fundamentais porque neste período de promoção os acessos aumentam exponencialmente. O e-commerce tem de estar preparado para atender à demanda”, afirma Felipe Macedo, co-CEO e fundado na Corebiz.

Como a expectativa para este ano é extremamente positiva, os grandes players do mercado já têm suas estratégias definidas. O Black Friday – Let’s rock sales também se propõe a mostrar quais estratégias são essas e como elas podem ser adaptadas a outras lojas virtuais. Para tanto, foi preparado por especialistas que atuam há mais de dez anos no setor um conteúdo exclusivo para os participantes do encontro virtual.

As grandes empresas contam com equipes formadas por profissionais especializados. E nós entendemos que parte desse know-how pode ser transferido para mais players, afinal é com empresas fortes que teremos uma economia saudável. Quem se inscrever não vai se arrepender”, comenta Felipe Macedo, co-CEO e fundado na Corebiz.

Serviço
Black Friday – Let’s rock sales
Quando: 10 de novembro, a partir das 15h
Onde: encontro virtual
Inscrições: https://conteudo.corebiz.ag/lp-black-friday-event
Preço: gratuito

Compartilhe:
Relacionadas
Fatos e Dados

Universidade Ancar Ivanhoe abre inscrições para cursos gratuitos voltados para varejo

A UAI conta com uma experiência 100% digital de fácil acesso, além de conteúdos interativos desenvolvidos por especialistas do ramo. Compartilhe:
Fatos e Dados

Serviços estão 5,4% acima do nível pré-pandemia, mostra IBGE

A queda de 0,2% no volume de serviços prestados no País em fevereiro ante janeiro fez o setor de serviços funcionar em patamar 5,4% superior ao de fevereiro de 2020, antes do agravamento da crise sanitária no País. Em janeiro, os serviços estavam 5,6% acima do pré-covid. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Compartilhe:
Fatos e Dados

Três a cada cinco brasileiros temem o vazamento de dados em compras on-line

De acordo com levantamento realizado pela PSafe, empresa de segurança digital da América Latina, e divulgado no portal da CNN, três a cada cinco brasileiros têm medo de ter os seus dados vazados ao realizarem compras na internet. Das pessoas consultadas (mais de 8.600), 59% apontaram o vazamento de dados como sendo um medo real nessas transações. Além disso, também foi mencionado como alarmante o roubo de dados bancários (52%) – os respondentes podiam escolher mais de uma opção. Na sequência, estão como principais preocupações ter o cartão clonado (48%) e o não recebimento de produtos (48%). Apenas 4,5% relataram não ter nenhum tipo de receio. Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.