Rappi aposta em mercado de seminovos e fecha parceria com Ozllo

Victoria e Zoe são as idealizadoras da OZLLO (Imagem: Divulgação)

Trazendo o conceito de “superapp” para a América Latina, a Rappi, que recentemente anunciou o lançamento do RappiBanck, seu “braço” de fintech para concorrer com os principais nomes no mercado, como Neon e Nubank, aposta agora em seminovos no seu já modelo tradicional de entregas. Especificamente, em moda. Isso porque o mercado da moda consciente vem se expandindo cada vez mais no Brasil e dando acesso a diversas pessoas a adquirir modelos consagrados da moda nacional e internacional, com um preço mais acessível e em excelentes condições, apesar de serem de “segunda mão”.

A Ozllo, tradicionalmente conhecida pelo consumo consciente, acaba de fechar uma parceria com o aplicativo de entregas Rappi. A partir de agora, quem quiser comprar os produtos da Ozllo de marcas como Chanel, Prada e Louis Vuitton, poderá fazê-lo através da Rappi, de segunda à sexta-feira, com entrega em, no máximo, 30 minutos, em São Paulo, capital.

Operando há dois anos no mercado digital, a Ozllo se consagra por trazer a reutilização de produtos da moda, em bom estado, e aposta numa parceria inédita para cada vez mais conscientizar seu público, podendo atingir, agora, novos clientes que só esperavam uma parceria com um aplicativo como a Rappi para poder colaborar com o meio ambiente, utilizando marcas consagradas na moda internacional.

“Estamos muito felizes com esta nova parceria. Agregamos ainda mais valor à nossa marca, tornando-a acessível a diferentes bolsos e, agora, a diferentes perfis de compradores. A tecnologia está tomando conta do mundo e precisávamos de um aplicativo como a Rappi, rápido e prático, para fazer a diferença no mercado da moda consciente”, afirma Zoë Póvoa, sócia-fundadora da Ozllo.

Relacionadas
Tendências e Inovação

7 tendências para o pequeno varejo no pós-covid

Mas nesse momento, enquanto o pequeno empresário habituava-se ao consumidor 4.0 – que opina, indica e interage diretamente com a marca – e fazia a integração entre físico e virtual, a pandemia mudou a velocidade das coisas, e esse é nosso novo desafio: mudar rapidamente nosso jeito de fazer comércio. COMPARTILHAR:FacebookTwitterWhatsAppLinkedIn
Tendências e Inovação

Apps conectam chineses a produtores e ainda geram renda

Tecnologia que permite consumidor comprar direto do produtor esvazia supermercados COMPARTILHAR:FacebookTwitterWhatsAppLinkedIn
Tendências e Inovação

Drive thru: alternativa para movimentar o caixa e garantir a segurança do cliente

Em Brasília, os lojistas do shopping Conjunto Nacional viram as vendas incrementarem ao aderir o serviço; em 11 meses, vendas via drive thru tiveram um salto de 268.12% COMPARTILHAR:FacebookTwitterWhatsAppLinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.