Movimento Varejo

Saques do FGTS poderão movimentar comércio

Dinheiro extra deve ajudar consumidor a sanar dívidas e voltar ao mercado de consumo

O saldo das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)  deve ajudar muitos brasileiros a sair do sufoco financeiro. Quatro em cada dez (38,2%) trabalhadores que têm direito a esse dinheiro devem utilizar a quantia para pagar dívidas, principalmente as pessoas das classes C, D e E (44,0%). Os dados são de um levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

O governo federal estima que mais de 30 milhões de trabalhadores tenham direito a realizar saques, sendo que 80% dessas pessoas possuem até R$ 1.500 nas contas inativas. No total, quase R$ 44 bilhões devem ser injetados na economia do país. Os saques começaram na segunda quinzena de março e vão até 31 de julho deste ano, levando em consideração o aniversário do trabalhador (veja tabela).

Além da quitação de dívidas, os brasileiros devem utilizar o benefício para outras finalidades, como pagamento de despesas do dia a dia (34,3%), investimentos (19,7%) e, inclusive, realização de compras (7,9%) – percentual que sobe para 9,6% entre os consumidores das classes A e B.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, a liberação do saque das contas inativas injetará um volume considerável de recursos na economia no decorrer dos próximos meses, o que deve contribuir para a retomada do varejo, estimulando a recuperação de crédito e, posteriormente, o consumo de bens. “Esse dinheiro poderá ser utilizado nas necessidades mais urgentes do consumidor, como limpar o nome ou adquirir algum bem de grande necessidade. Livre das dívidas, ele poderá retornar ao mercado de crédito, reaquecendo as vendas no varejo”, analisa.

 

Calendário de saques

Trabalhadores nascidos em Podem sacar a partir de
Janeiro e fevereiro 10 de março
Março, abril e maio 10 de abril
Junho, julho e agosto 12 de maio
Setembro, outubro e novembro 16 de junho
Dezembro 14 de julho
Dia 31 de julho é o prazo final para os saques

Fonte: Caixa Econômica Federal

Pode sacar o FGTS o trabalhador que pediu demissão voluntariamente ou foi demitido por justa causa até o dia 31 de dezembro de 2015.

Relacionadas
Movimento Varejo

Phygital transforma experiência do cliente e impacta vendas no varejo

Você sabia que 60% dos consumidores gostam de combinar a compra online com a compra física? O dado, divulgado pelo relatório O Amanhecer do Consumidor Phygital, da MindTree, traz à tona a importância da estratégia phygital no cenário comercial pós-pandemia e na implementação de ações que coloquem o consumidor como o centro do empreendedorismo.
Movimento Varejo

A relevância da tecnologia na precificação das vendas de supermercados on-line

Conhelça soluções capazes de monitorar em tempo real centenas de milhares de preços de diversos concorrentes, simultaneamente.
Movimento Varejo

Seminário na Cidade das Artes vai debater as tendências para o varejo

Evento, promovido pela ASSERJ, terá especialistas que vão falar sobre as inciativas que estão movimentando o setor de supermercados, food service e varejo em geral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.