Fatos e Dados

Serviços digitalizados geram mais de R$ 3 bilhões em economia

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Secretário de Desburocratização divulgou dado no Brasil em Pauta

A digitalização dos serviços públicos rendeu uma economia de R$ 3,1 bilhões. Desse total, R$ 2,3 bilhões foram economizados pelo próprio cidadão e mais R$ 800 milhões pelo governo. O balanço foi feito pelo secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Caio Mario Paes de Andrade, em entrevista ao programa Brasil em Pauta deste domingo (12).

“Isso representa o combate à burocracia, melhoria da administração pública e transformação digital do estado”, disse. Segundo ele foram mais de 3 mil serviços digitalizados. A meta é chegar a 2022 com os 4 mil serviços públicos disponíveis digitalizados.

De acordo com o secretário, todos os serviços estão sendo digitalizados e migrados para a plataforma .gov que, em dois anos, tem 113 milhões de usuários cadastrados. Cerca de 126 portais e 190 endereços eletrônicos foram migrados para o .gov que, segundo o secretário, é “uma plataforma de relacionamento entre o estado e o cidadão”.

Entre as vantagens do portal, o secretário cita o login único, que facilita a vida do cidadão já que ele não precisa ter cadastros em vários sites e a facilidade de encontrar diversos serviços como CPF, carteira de trabalho e carteira de motorista, todos em formato digital.

O secretário falou sobre como funciona o processo de digitalização dos serviços e sobre os novos desafios desse processo no Brasil.

Compartilhe:
Relacionadas
Fatos e Dados

CNDL participa de bate-papo sobre relações institucionais e governamentais

O evento foi realizado pelo Sebrae Nacional e teve como convidado especial Jack Corrêa, especialista em RIG Compartilhe:
Fatos e Dados

Sebrae oferece cursos de gestão e marketing via Whatsapp e Telegram

Atualmente são 29 capacitações gratuitas disponibilizadas para acesso via aplicativo de mensagens. Compartilhe:
Fatos e Dados

Estratégia de Investimento verde vai fomentar adoção de critérios ASG

Para o ministro Rogério Marinho, o compromisso com a sustentabilidade deve se sobrepor aos governos Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.