Integra CNDL

CDL Crato: a longevidade no trabalho como chave para o sucesso

No CDL em Todo Lugar desta quinta-feira, você conhece a CDL Crato (CE)

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Crato, no interior do estado do Ceará, escolheu um modelo de funcionamento baseado em confiança e durabilidade. A equipe é coordenada por uma gerência que está no cargo há 18 anos. “Ter uma pessoa de confiança há tanto tempo, que entende o sistema e ajuda nas decisões é o que nos faz ter uma eficiência tão grande”, justifica José Alves Lobo, presidente da CDL Crato.

“Quem faz a CDL são os colaboradores, não sou eu. No fim do meu mandato, eu saio e eles ficam. Eles têm que vestir a camisa da CDL”, explica o dirigente lojista. Ele está no cargo desde 2016. Quando ele assumiu, a gerência já fazia parte do sistema há mais de 10 anos.

José Alves acredita que a longevidade do trabalho é importante, porque faz a equipe entender melhor o sistema em que trabalha e as minúcias de como funciona. “A gerente ajuda os comerciantes na hora de implementar mudanças, vai aos eventos da CNDL em todo país e traz as novidades para nós. É importante que exista esse trabalho”, garante o presidente.

A CDL em Crato já tem 52 anos de fundação e dispõe de uma boa sede, onde realiza eventos para seus associados. “Nossa sede é uma das melhores do interior do Ceará. É um local antigo, porém muito bonito e bem dividido: temos o espaço onde ficam os nossos colaboradores, um auditório com 150 lugares, uma sala com 45 cadeiras e um local para reuniões de pequenos grupos”, diz José Alves.

Ações
Para o presidente da entidade, em 2016, um dos principais desafios no início da sua gestão foi o de criar uma comunicação mais próxima com o associado. “Entramos com objetivo de escancarar para o associado tudo que é oferecido pela CDL. Para isso, trouxemos o associado para conhecer a sede e mostrarmos o nosso potencial. Algumas pessoas acreditavam que a CDL se restringia aos serviços do SPC, e isso não é verdade”, lembra o dirigente.

Além da aproximação presencial, a CDL Crato investiu em redes sociais. Promoveu cursos com especialistas em marketing. As capacitações tiveram a participação dos colaboradores da Câmara e, também, dos lojistas interessados.

Outros projetos da CDL Crato:

• Biblioteca Comunitária – Nesse período de pandemia, muitas famílias não tinham condição de conseguir livros para as crianças estudarem. A CDL, então, distribuiu pela cidade algumas geladeiras usadas, adesivadas pela entidade, com livros dentro. A população podia retirar e utilizar o material gratuitamente. Pessoas com livros em casa sem uso podiam deixá-los nas geladeiras, para aumentar a quantidade de livros publicações disponíveis para quem necessitava;

• Cartão Mais Vantagens – A entidade conseguiu cerca de 130 parceiros na região e criou o cartão. Com ele, é possível que o associado consiga desconto em serviços de diferentes setores, como restaurantes, faculdades e hotéis;

• Comprar no Crato é um Barato – A cidade de Crato é vizinha de outras duas cidades. Uma delas é Juazeiro do Norte, cidade maior e mais conhecida. Antes, a população passava por Crato mas ia fazer as compras no município vizinho. Analisando a situação, a CDL decidiu criar esta campanha, a fim de atrair as pessoas para conhecer Crato, quando estiverem na região, movimentando a economia local.

Crato
O município tem cerca de 135 mil habitantes. Segundo Alves, apesar de não ser uma cidade grande, possui um comércio forte. “Aqui temos um comércio muito bom, o setor industrial também é bastante relevante. Prova disso é que a Grendene, empresa gaúcha produtora de calçados para várias marcas conhecidas, tem uma indústria aqui no município”, diz o presidente.

“Além disso, o turismo na região é bem favorável. Temos o turismo religioso, por conta da imagem que temos de Nossa Senhora de Fátima, a maior estátua dela no Brasil; e temos o turismo ecológico, devido à Chapada do Araripe. Isso faz com que recebamos visita de gente de todas as regiões, favorecendo ainda mais o nosso comércio”, reforça Lobo.

Durante a pandemia, Crato passou por problemas na área turística e também no setor comercial. A cidade optou, em março de 2020, pelo fechamento total do comércio. Para reverter a situação, a CDL, em parceria com a Grendene, produziu máscara, avental e outros instrumentos para ajudar com a higienização. Com isso, aos poucos o comércio foi sendo retomado na cidade.

“Distribuímos cerca de 30 mil produtos pelo comércio para que o funcionamento pudesse ocorrer da melhor forma. A entidade buscou, além disso, realizar um trabalho educativo com os lojistas”, explica o dirigente lojista.

O presidente acredita que este trabalho foi bem feito. “Até hoje, aqui em Crato, quando você passa nas lojas, está todo mundo usando máscara e com álcool em gel nos estabelecimentos, e assim seguimos sobrevivendo”, finaliza José Alves.

*Estagiário sob supervisão de Fernanda Peregrino, editora da Varejo S.A.

Compartilhe:
Relacionadas
Integra CNDL

Convenção de Comércio e Serviços aborda inovação e tecnologia

Com o tema “Future-se”, especialistas da área irão abordar tópicos como economia, sustentabilidade, transformação digital, vendas, inovação, cenário econômico e sucessão familiar ao longo. Compartilhe:
Integra CNDL

CNDL e FCDL SC reúnem mais de 200 líderes empresariais em Florianópolis

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e a Federação (FCDL SC) realizaram na manhã de hoje (30), em Florianópolis, o segundo… Compartilhe:
Integra CNDL

CDL Grande Vila Velha busca ampliar o atendimento de lojistas

No CDL em Todo Lugar desta semana, você conhece a CDL Grande Vila Velha (ES), que em julho completa 22 anos fortalecendo o varejo local. Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.