Empreendedorismo Jovem

‘Empreender é ter fé em você’, desafia Tony Garrido

Propósito genuíno e cultura forte é o que faz as grandes empresas perdurarem. Esse foi o ponto central da palestra que encerrou a programação deste domingo da Feira do Empreendedor 2022. Convidado do evento, o cantor e apresentador Tony Garrido foi categórico ao afirmar que “empreender é ter fé em você, é ter fé em quem você nasceu para ser”. Essa máxima foi chancelada por Renata Morais Vichi, CEO do Grupo CRM (Kopenhagen, Brasil Cacau e Kop Koffee): “Todos nós temos que acordar com a vontade de fazer o negocio prosperar e, para isso, temos que entender a nossa responsabilidade, que vai além da nossa geração”.

A executiva que transformou a CRM em um dos maiores grupos franqueadores do Brasil afirmou que empreender começa com o compromisso que vai além do trabalho do hoje e alcança a perpetuidade do negócio. “Para isso eu preciso carregar chocolate nas veias, ser apaixonada pelo meu negócio”, defendeu, lembrando que na hora de dosar a energia, o empreendedor tem que ser sempre olhar para frente.

Vichi ressaltou a importância da inovação, contextualizando que as marcas que se destacam são as que criam soluções para o seu cliente. “Existe uma diferença muito grande entre lançar produtos e inovar. Estamos o tempo todo conectados com o nosso futuro e isso requer encontrar um novo de jeito de ser, de ver e de fazer. Buscamos inovar sem perder a conexão com o legado. Nos intitulamos como uma ‘senhora startup de 90 anos’, explicou Renata”.

A Kopenhagen, conforme descreveu a convidada, tira o foco do tradicional para ser icônica; tira o foco dos adultos e amplia para os jovens adultos; tira o foco de loja especializada para oferecer uma experiência multicanal. “Não existe formula mágica, mas uma equação que sempre funciona é a inovação, que é uma das competências mais democráticas. Ela está disponível para os empreendedores de todos os portes”. Renata citou ainda, em primeira mão, a collab que a Kopenhagen está trabalhando com a Farm que envolve pijamas de Nhá Benta.

Em sua fala, Tony Garrido comentou a trajetória na música e nos negócios, revelando diversas das dificuldades que já enfrentou e a importância de cada empreendedor tomar conta do seu próprio destino. “Meu maior inimigo é a desconcentração, mas não dá para parar. Vivemos na beira do abismo e lá acabamos descobrindo a habilidade para driblar e criar. Precisamos nos entender dentro do caos, compreender quais são os movimentos externos e qual é o nosso papel”.

Escolha intencional
Questionada sobre os desafios para perpetuar a veia empreendedora dentro de uma família, Renata Morais Vichi comentou: “A sua história é sua e a essência do empreendedorismo está na autenticidade. A família empreendedora inspira, mas não pode ser um ponto de comparação na sua jornada”. Tony Garrido, por sua vez, finalizou: “Antigamente os pais queriam que os filhos fossem melhores do que eles. Hoje os empreendedores rompem com isso e potencializam sua individualidade, criam o que o mundo precisa de verdade”.

Com o tema “Empreender Sem Limites”, a Feira do Empreendedor 2022 segue até o dia 11 de outubro (terça-feira), com acesso gratuito e em formato híbrido. Entre as principais atrações, está a Mega Arena do Conhecimento, com mais de 250 palestras de especialistas e personalidades que vão abordar tudo que diz respeito à jornada empreendedora em seis palcos simultâneos e com transmissão digital.

Fonte: Agência Sebrae

Relacionadas
Empreendedorismo Jovem

CDL Jovem realiza missão internacional no Vale do Silício

A CDL Jovem – Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem Nacional realiza esta semana primeira missão internacional em Palo Alto, na Califórnia (EUA). O grupo de 15 pessoas fará visita técnica em diversas empresas do Vale do Silício.
Empreendedorismo Jovem

DLI 2022 leva conscientização e desconto para brasileiros

Ações e descontos foram dados, simultaneamente, em mais de 1200 cidades, com mais de 40 mil estabelecimentos comerciais participando do DLI 2022.
Empreendedorismo Jovem

A conscientização tributária para o crescimento empresarial e o acesso a serviços públicos eficientes

Mais do que analisar os cinco meses os quais os brasileiros pagam tributos aos governos, independente da esfera, seja ela municipal, estadual ou federal, o ponto a ser analisado é a destinação dada aos valores arrecadados. Diante disto, é de tamanha importância a conscientização tributária pela sociedade.