Tendências e Inovação

ASSERJ lança selo Super Pet

Rio será a primeira cidade do Brasil a permitir a entrada de animais domésticos nos supermercados

Cães e gatos serão bem-vindos nos supermercados do Rio de Janeiro, primeira capital do Brasil a permitir a entrada e circulação de animais domésticos nestes estabelecimentos. A novidade partiu de uma iniciativa da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ), que vai emitir o selo Super Pet para os mercados que desejarem aderir à prática. Para isso, eles deverão seguir as normas estabelecidas no Decreto 51.262 do prefeito Eduardo Paes, publicado nesta sexta-feira (5/08) no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro.

E para celebrar a conquista, a unidade do Carrefour da Barra da Tijuca fez uma grande ação no último sábado (6/8), que contou com a presença do prefeito Eduardo Paes, do secretário municipal de Saúde, Rodrigo Prado; do presidente da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ), Fábio Queiróz; da presidente do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária (IVISA-Rio), Aline Borges; e da diretora executiva de Comunicação e Relações Institucionais do Carrefour, Maria Alicia Lima.

Para o presidente da ASSERJ, Fábio Queiróz, a iniciativa vai facilitar a vida dos tutores, que muitas vezes precisam conciliar o passeio com as compras. “A cultura pet friendly está cada vez mais disseminada na cidade, portanto, nada mais natural do que os supermercados também abrirem suas portas para os animais domésticos. Muitas pessoas deixam seus animais presos na entrada dos mercados enquanto fazem suas compras, correndo o risco de serem roubados ou sofrer um acidente. A iniciativa visa atender a esta grande parcela de consumidores”, explicou.

“Estamos muito contentes de celebrar um marco na história dos supermercados, que é a possibilidade de disponibilizarmos um ambiente acolhedor e agradável para que nossos consumidores possam desfrutar do momento de compra em família, na companhia de seus pets. O Grupo Carrefour Brasil abraça a causa animal com diversas ações voltadas a campanhas de adoção, suporte à castração e doações de alimentos, e agora temos o Selo Super Pet, mais uma iniciativa que nos enche de orgulho”, afirma Maria Alicia Lima, Diretora Executiva de Relações Institucionais e Comunicação do Grupo Carrefour Brasil.

Regras
O decreto da Prefeitura estabelece critérios e parâmetros para o funcionamento dos supermercados que estarão abertos aos animais. Já as lojas deverão informar ao consumidor, por meio de aviso indicativo, tratar-se de estabelecimento pet friendly (amigo dos animais domésticos), podendo estabelecer a identidade visual própria que o identifiquem.

Entre as normas estabelecidas, será necessário que o tutor apresente certificado de vacinação e comprovante de vermifugação, o que terá de ser exigido pelos mercados, que deverão, ainda, manter os ambientes de circulação comum sob constante vigilância e higienização.

Os estabelecimentos poderão ainda instalar áreas de recreação para os animais, sob a supervisão constante de colaborador, disponibilizar carrinhos específicos para carregar as compras e os pets e oferecer água potável em ambiente específico.

Será proibido entrar com cães sem coleira, ou focinheira (dependendo do porte), ou caixa adequada para transporte de gatos. Oferecer água ou comida dentro do supermercado não será permitido.

Relacionadas
Tendências e Inovação

A nova cara dos shoppings: escolas, clínicas e grandes eventos ganham espaço

Os shopping centers estão sempre se reinventando. Mas, com as lojas físicas fechadas durante meses por causa da pandemia, essa tendência de renovação se acentuou – e agora, com a reabertura total do comércio, o que se vê é o surgimento de um shopping de cara nova.
Tendências e Inovação

Saiba quais são as principais tendências do setor de turismo no período pós-pandemia

Com as expectativas de que o setor do turismo se recupere e alcance o mesmo patamar de faturamento do período pré-crise ainda no início de 2023, os donos de pequenos negócios do setor precisam estar atentos às novas tendências do mercado e às mudanças do perfil do consumidor.
Tendências e Inovação

Como dobrar os resultados em 18 meses

Para especialistas, a Gestão Exponencial pode ajudar as empresas neste desafio, dobrando o seu rendimento em um prazo definido pelo próprio empreendimento, que em média é de 18 meses.