Brasília 40°

Bolsonaro, Ciro Gomes e Soraya Thronicke participam de diálogo com o Comércio e Serviços

Evento contará com a participação presencial de mais de 400 líderes empresariais; os presidentes do Instituto UNECS dialogarão com candidatos à Presidência sobre temas relevantes para o setor

Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL) e Soraya Thronicke (União Brasil) confirmaram a participação no evento Agenda UNECS: Diálogos com candidatos à Presidência da República, que ocorre amanhã (30/8), das 9h às 17h, no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília. Uma realização do Instituto UNECS – União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços, o evento será transmitido ao vivo pelo canal Youtube do Instituto UNECS. A plateia presencial será restrita a convidados e imprensa.

A partir de temas abordados pelos presidentes das entidades que compõem o Instituto UNECS, os candidatos terão 45 minutos para comentar assuntos relevantes para o setor. Ao final de cada apresentação, o candidato receberá das entidades um documento com as principais demandas de comércio e serviços tais como melhorias no ambiente de negócios, segurança pública e comércio ilegal, agenda ambiental, infraestrutura e logística, digitalização e desburocratização do estado.

Os Diálogos com candidatos à Presidência da República ocorrerão diante de uma plateia esperada de mais de 400 líderes empresariais de todo o Brasil. A transmissão ao vivo acontecerá, também, pelos canais das oito entidades que compõem a UNECS, com expectativa de alcançar cerca de 1,5 milhão de espectadores.

UNECS
Fundado em 2014, o Instituto UNECS representa a força e a organização político-institucional do setor de comércio e serviços. Tem como objetivo defender os interesses do setor no Brasil, contribuindo para o debate, o intercâmbio de ideias e o fortalecimento dos segmentos que, juntos, representam 73% do PIB do Brasil.

Atualmente comandado por José César da Costa – também presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) – Instituto UNECS congrega as oito maiores entidades organizadas e de livre adesão do setor, presentes em todo o território nacional: a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS); a Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD); a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL); a Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE); a Associação Brasileira de Tecnologia para o Comércio e Serviços (AFRAC); a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (ANAMACO); a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) e a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).

Por meio de suas empresas, o setor de comércio e serviços se relaciona com cerca de 190 milhões de cidadãos. Maior gerador de empregos e de renda do país, oferece oportunidades a todos os brasileiros, desde o ingresso no mercado de trabalho com o primeiro emprego. É responsável por 57% dos postos de trabalho no Brasil e abrange 77% dos estabelecimentos ativos no país. É também responsável por 65% das operações de crédito e débito e pela geração de 27 milhões de empregos diretos.

Serviço
Agenda UNECS: Diálogos com Candidatos à presidência da República
Local: Centro de Convenções Brasil 21 (Setor Hoteleiro Sul, Qd 6, Lote 1, Conjunto A, Asa Sul, Brasília, DF)
Data: 30 de agosto de 2022
Início: 9h
Tramissão: www.youtube.com/CNDLBrasil

Relacionadas
Brasília 40°

Geraldo Alckmin participa da posse da nova diretoria da Abras

Além do vice-presidente da República, ministros de Estado também confirmam presença na cerimônia de posse da nova diretoria e reeleição do presidente João Galassi.
Brasília 40°

Arrecadação federal atinge R$ 210,19 bilhões em dezembro de 2022

Valor mostra aumento real de 2,47% em relação a 2021, diz Receita
Brasília 40°

Aumento de impostos é medida mais provável do pacote fiscal, diz IFI

Relatório da IFI divulgado nesta quarta analisa plano do Ministério da Fazenda para reduzir déficit.