14 jul, 2024
0 ° C

Como ser estratégico em meio a avalanche de datas promocionais no varejo

É inegável que vivemos na era do varejo digital, em que datas comemorativas se tornaram sinônimo de descontos e promoções.

Shutterstock
Como ser estratégico em meio a avalanche de datas promocionais no varejo

Por Ricardo Moreira Leite,
diretor de UOL Host

É inegável que vivemos na era do varejo digital, em que datas comemorativas se tornaram sinônimo de descontos e promoções. Do Natal até o Dia do Consumidor, passando pelas influências norte-americanas da Black Friday e Cyber Monday, nosso calendário está repleto de oportunidades projetadas para atrair consumidores ávidos por ofertas. Não obstante, grandes marketplaces ainda aproveitam para criarem suas próprias datas promocionais, um movimento comum que temos observado com as datas de números repetidos, como 5/5, 8/8, 10/10 e por aí vai. O objetivo é um só: gerar interesse do consumidor e um efeito emocional provocando compras por impulso, na linha do: o desconto é tão bom que não posso perder.

Mas a pergunta que fica é: como se destacar em meio a tantas opções e garantir que as suas estratégias não se percam em meio à multidão? Como meu e-commerce pode se diferenciar e capturar parte dessa audiência ávida por descontos?

Dentre todas as etapas para desenvolver um varejo online, o planejamento da demanda do seu negócio é uma das mais importantes. Seja de estoque, logística, e até um calendário anual das datas promocionais, planejar é primordial para estruturar a melhor forma de atrair clientes.

No momento das promoções, é crucial entender que nem todas as datas comemorativas têm o mesmo impacto em todos os tipos de negócio. Enquanto algumas são universais, como o Dia do Consumidor e o Natal, outras demandam uma abordagem mais segmentada, alinhada aos interesses específicos do público-alvo. É preciso conhecer seu produto e qual o público, além de entender quais datas são mais atrativas para meu produto. Não faz sentido vender roupas na Cyber Monday, especializada em produtos tech, pois seu público vai ser bombardeado por outras ações e o seu foco, provavelmente, será outro.

Dessa forma, o primeiro passo é analisar dados de históricos de vendas para cada período comemorativo, identificando padrões de comportamento do consumidor e ajustando o estoque e as estratégias de marketing de acordo. Essa análise minuciosa permite não só antecipar a demanda, mas também negociar melhores condições com fornecedores e parceiros, garantindo uma margem de lucro mais sólida.

Um aspecto essencial a se considerar é a relevância emocional das datas promocionais. Mais do que simples oportunidades de vendas, esses momentos representam uma chance única de se conectar emocionalmente com o público, criando laços de fidelidade que se estendem além do evento em si. Nesse sentido, é fundamental investir não apenas em promoções, mas também em experiências que encantem e cativem os clientes, seja através de uma decoração temática na loja virtual ou de uma presença ativa nas redes sociais, que vão marcar o comprador e atraí-lo nos momentos certos.

Dentro desse contexto, é importante investir na capacidade de construir um relacionamento próximo com seu cliente. Que tal aproveitar uma venda especial e promover um cupom de desconto para uma segunda venda? Se sua venda for via marketplace, apresente seu site para seu cliente e peça permissão para colocá-lo em um mailing de relacionamento para suas próximas promoções. E por que não pedir para que seu cliente avalie seu produto? É preciso pensar não apenas em como atrair consumidores, mas, também, em como mantê-los fiéis à marca a longo prazo.

Em suma, as datas promocionais quando inseridas em um planejamento do pequeno e médio empreendedor, podem ser aliadas na oportunidade de atrair clientes. É muito importante pensar nessas datas como uma oportunidade de aumentar vendas, mas também em criar um relacionamento mais próximo com seu cliente. Afinal, somos mais propensos a comprar um produto em que um conhecido nos recomenda, do que adquirir algo de um lugar desconhecido.

* Ricardo Moreira Leite é diretor de produtos e negócios do UOL Host