Economia e Finanças

Indicador de turismo sobe 88% após volta de eventos em São Paulo

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O Índice Mensal de Atividade do Turismo (Imat), medido pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de São Paulo (FecomercioSP), apontou alta de 88% na capital paulista em março, em comparação com março de 2021. Segundo a entidade, a elevação ocorre após o retorno de eventos com público na cidade, como o Festival Lollapalooza, realizado de 25 a 27 de março.

Dentre as variáveis que compõem o índice, a taxa de ocupação hoteleira foi o destaque com elevação de 20,8% na comparação com o mesmo período de 2021. Também avançou, em março, a movimentação nas rodoviárias: cerca de um milhão de passageiros passaram pelos terminais da capital – 600 mil a mais do que em março do ano passado.

Alta nos aeroportos
Nos aeroportos de São Paulo, Congonhas e Guarulhos, a movimentação em março foi de 3,9 milhões de passageiros, alta de 146% na comparação anual.

A retomada do turismo também impactou o emprego. As atividades relacionadas ao setor aumentaram as contratações em 5% no contraponto anual, representando 18 mil novos trabalhadores com carteira assinada em relação aos números de março de 2021.

O Imat é composto por cinco variáveis: estoque de empregos diretos do turismo; faturamento do setor do turismo na cidade de São Paulo; movimentação dos terminais rodoviários de São Paulo; movimentação dos aeroportos de São Paulo, exceto Viracopos; e taxa de ocupação da rede hoteleira de São Paulo.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe:
Relacionadas
Economia e Finanças

Vendas do varejo devem continuar crescendo no mês de junho

As vendas do varejo devem continuar crescendo pelo segundo mês consecutivo em junho. De acordo com as projeções do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), as vendas do Varejo Restrito devem superar 0,32% o resultado de maio, enquanto o Varejo Ampliado deve registrar alta de 0,47% no mesmo período. Compartilhe:
Economia e Finanças

Reajustes salariais por negociações, em junho, chegam a 12%

O reajuste mediano dos salários obtidos nas negociações salariais em junho é de 12%, ante o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado de 11,9%. Em maio, o reajuste mediano foi de 12,3%, segundo o boletim mensal da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) Salariômetro – Mercado de Trabalho e Negociações Coletivas. Compartilhe:
Economia e Finanças

BC projeta crescimento de 1,7% do PIB para 2022

O Banco Central (BC) projetou, para 2022, alta de 1,7% do Produto Interno bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. A previsão anterior, divulgada em março, era de um crescimento de 1%. A revisão foi apresentada hoje (23) pelo diretor de Política Econômica do BC, Diogo Abry Guillen, em coletiva de imprensa que contou com a participação do presidente do BC, Roberto Campos Neto. Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.