14 jul, 2024
0 ° C

Meu Malvado Favorito: o que podemos aprender sobre liderança e gestão

Gru, o protagonista, apesar de sua origem como vilão, demonstra habilidades de liderança e gestão que podem ser inspiradoras para os varejistas

Reprodução Universal
Meu Malvado Favorito: o que podemos aprender sobre liderança e gestão

Com a chegada de “Meu Malvado Favorito 4” aos cinemas, os personagens da franquia continuam a encantar o público. Mas além de diversão, os personagens também podem oferecer valiosas lições para o mundo dos negócios.

Gru, o protagonista, apesar de sua origem como vilão, demonstra habilidades de liderança e gestão que podem ser inspiradoras para os varejistas. Talvez, a principal delas, é ele ser um líder carismático que consegue manter uma equipe diversificada e excêntrica, os famosos e conhecidos Minions, sempre motivada e produtiva.

Segundo o sociólogo Max Weber, o carisma é uma forma de dominação legítima, baseada na devoção a um indivíduo excepcional, que possui qualidades heroicas ou exemplares. Esse perfil é visto como alguém capaz de resolver problemas, superar crises e realizar mudanças. Ou seja, uma habilidade de liderança crucial no varejo, onde uma equipe bem gerida pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Lições de liderança

Para compreender um pouco mais sobre o peso de ser um bom líder, segundo levantamento realizado pela consultoria Robert Half, para 94% dos entrevistados, a satisfação no trabalho é influenciada pela atuação da liderança. Em outra pesquisa feita pelo instituto de pesquisa e educação Workforce Institute, de Weston na Flórida, comprovou que as lideranças impactam diretamente a saúde mental dos funcionários. No estudo, 1 em cada 3 colaboradores disse que o líder tem peso em sua saúde mental e no bem-estar da equipe.

  • Motivação: Gru mantém os Minions sempre animados e focados em suas tarefas, mesmo quando os planos são ousados. No varejo, manter a equipe motivada pode resultar em melhor atendimento ao cliente e operações mais eficientes.
  • Visão estratégica: Gru sempre tem um plano, por mais mirabolante que seja. Os líderes no varejo também precisam ter uma visão clara e estratégica para orientar suas equipes em direção aos objetivos de longo prazo.
  • Adaptabilidade: mesmo quando as coisas não saem como planejado, Gru se adapta rapidamente às novas circunstâncias. Essa flexibilidade é essencial para os varejistas, especialmente em um mercado dinâmico e em constante mudança.

Jogando no mesmo time

O levantamento Center for Positive Organizational Scholarship, da Universidade da Califórnia, apontou que depende da liderança a melhora na produtividade de seus colaboradores. De acordo com o estudo, os funcionários felizes são em 31% mais produtivos e tem um desempenho 27% maior do que o de seus colegas infelizes. Em termos de saúde mental, eles têm 125% menos esgotamento e 32% mais comprometimento.

A relação de Gru com os Minions pode ser comparada à dinâmica entre um gerente e sua equipe. Sendo que duas das principais chaves para uma equipe coesa é a comunicação eficaz e o reconhecimento do trabalho bem feito.

  • Comunicação: concisão e clareza são qualidades da comunicação altamente valorizadas. O líder precisa ter todas elas. É fundamental definir o foco e ser relevante aos interlocutores. Exagerar em detalhes, ser técnico demais ou genérico em excesso são falhas comuns que devem ser evitadas. Assim como Gru é claro sobre suas expectativas com os Minions, os gerentes devem comunicar claramente os objetivos e responsabilidades para suas equipes.
  • Reconhecimento: segundo relatório da Gallup, foi verificado que 65% dos colaboradores que deixaram seus empregos, não se sentiram devidamente reconhecidos. A exemplo de “Meu Malvado Favorito”, os Minions são recompensados com festas e momentos de diversão. No varejo, o reconhecimento do trabalho da equipe pode vir em forma de bônus, prêmios ou até simples agradecimentos, que aumentam a moral e o engajamento.

As aventuras de Gru em mais um filme de “Meu Malvado Favorito” não são apenas entretenimento. Elas também podem oferecem valiosas lições de liderança e gestão. Ao aplicar essas lições no ambiente de varejo, os empresários podem construir equipes mais motivadas, eficientes e coesas, prontas para enfrentar os desafios do mercado.

Investir em boas práticas de liderança não só melhora o desempenho da equipe, mas também eleva a experiência do cliente, criando um ciclo virtuoso de crescimento e sucesso.