Economia e Finanças

Dicas de como as MPE podem usar o Pix com os seus clientes

Uma das principais vantagens do meio de pagamento é que o dinheiro
entra na conta em poucos segundos, permitindo um controle mais preciso das finanças

Pagamentos em tempo real e a disponibilidade 24 horas por dia, em todos os dias da semana, são algumas das principais vantagens que o Pix oferece. Desde que o meio de pagamentos instantâneos foi lançado, há quase sete meses, o Sebrae propaga os benefícios dessa alternativa para os pequenos negócios. Para as micro e pequenas empresas, essa nova modalidade de pagamento, criada pelo Banco Central (BC), ajuda em vários aspectos, como no controle do fluxo de caixa.

“No final do dia, o dono do estabelecimento tem condições de ver quanto tem na conta bancária. Como os recursos são transferidos em poucos segundos, o empreendedor consegue ter mais controle do cenário financeiro da empresa diariamente”, explica Cristina Araújo, analista de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae. De acordo com ela, os benefícios do Pix contribuem diretamente para a tomada de melhores decisões para o negócio. “É importante que as empresas criem, inclusive, promoções e campanhas com o intuito de estimular os clientes a pagarem com o Pix”, acrescenta.

Para Cristina Araújo, torna-se indispensável que as MPE pesquisem as melhores tarifas e condições do serviço junto as Instituições Financeiras participantes. “O próximo passo, para começarem a receber com o Pix, é escolher o prestador de serviço de pagamento e, logo após, fazer a integração com sistemas de automação, caso possua; e, depois, é só começar a receber com o Pix”.

Facilidade
Na prática, o Pix pode ser realizado a partir de uma conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga. Ele facilita a transferência de valores entre pessoas, o pagamento de contas e o recolhimento de impostos e taxas de serviços. Veja aqui como gerar QR Codes para receber pagamentos e quando há tarifa pelo serviço.

Para usar o sistema de pagamento, é essencial que o pagador e o recebedor possuam uma conta em banco, fintech ou instituição de pagamento. Também é necessário ter um aparelho celular em mãos ou computador para acessar o aplicativo ou internet banking do seu banco. As transações via Pix podem ser feitas por meio da chave Pix, QR Code ou Chave Aleatória.

Confira cinco benefícios do Pix para as MPE:

1 – Velocidade de disponibilização dos recursos na conta do recebedor: os recursos são creditados em até 10 segundos, em 99% das transações.

2 – Custo baixo: fazer um Pix para pessoas físicas sempre é gratuito.

3 – Disponibilidade: o Pix pode ser feito 24 horas por dia, em todos os dias do ano, incluindo sábados, domingos e feriados.

4 – Multiplicidade de casos de uso: o Pix atende a todo e qualquer pagamento ou transferência feita hoje no Brasil, incluindo transferências entre pessoas, entre empresas, quitação de faturas e pagamentos ao governo.

5 – Conveniência: o Pix pode ser usado com cadastramento de chave de número de aparelho celular, CPF ou leitura de um QR Code.

Fonte: Agência Sebrae

Compartilhe:
Relacionadas
Economia e Finanças

5 Dicas de educação financeira para empreendedores

No Brasil, existem cerca de 6,4 milhões de empresas. Dessas, 99% são PMEs e detêm 52% dos empregos com carteira assinada do setor privado, segundo dados da Serasa Experian. Compartilhe:
Economia e Finanças

Brasil crescerá entre 3% e 4% nos próximos anos, diz ministro

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (28) que, em meio a um cenário global marcado por desaceleração e recessão, o Brasil vai pelo caminho oposto, com crescimento próximo de 2% em 2022, e de 3% a 4% nos anos seguintes. A afirmação foi feita durante a abertura do Painel Telebrasil Summit 2022, em Brasília. Compartilhe:
Economia e Finanças

Vendas do varejo devem continuar crescendo no mês de junho

As vendas do varejo devem continuar crescendo pelo segundo mês consecutivo em junho. De acordo com as projeções do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), as vendas do Varejo Restrito devem superar 0,32% o resultado de maio, enquanto o Varejo Ampliado deve registrar alta de 0,47% no mesmo período. Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.