Tendências e Inovação

Kwai, mais uma alternativa para seu e-commerce

O aplicativo cresce no Brasil e tem nos vídeos seu melhor atrativo de marketing. Saiba como editá-los para ficarem atrativos

Os vídeos curtos, rápidos, com musiquinhas, efeitos e dancinhas infantilizadas se tornaram uma febre em todo mundo. Uma mania inserida por aplicativos como o TikTok, mas já presente em outras plataformas como Reels do Instagram e o Kwai. Esse último foi criado em 2011 e é muito popular na China e Índia, pois já vem pré-instalado nos celulares da Xiaomi e Huawei.

A plataforma de vídeos só chegou no Brasil em 2019. É basicamente um editor de vídeos que também funciona como rede social. O app já é um dos mais baixados no país reúne mais de 35 milhões de usuários mensais ativos. Para atrair mais usuários, a Kwai tem apostado em uma estratégia que já deu certo para seus concorrentes: remunerar o usuário. Quanto mais convidados instalarem a rede social e quanto mais eles completarem as missões proposta pelo sistema — como assistir a três minutos de conteúdos por dia ao longo, mais o usuário tende a ganhar.

Mas a ideia do negócio também é faturar e a Kway faz isso com habilidade no mercado de publicidade. “Não temos somente os vídeos curtos, mas o livestreaming é muito grande e uma forma de faturamento. Comprime hoje 50% do nosso faturamento e é um modelo ainda incipiente no Brasil”, disse o diretor de operações da empresa, Tony Qiu, em entrevista na revista Exame. “Os vídeos curtos são um ótimo formato para trazer o mundo real para o digital, seja através de jogos, compras. Nós acreditamos que é um mercado que pode acomodar mais de um player”, explica.

De fato, os vídeos do aplicativo são um grande atrativo comercial. Mas vale lembrar: para se destacar entre os conteúdos na plataforma e criar vídeos de qualidade, com bom engajamento e performance, é importante realizar uma edição caprichada. Os recursos de edição do Kwai são gratuitos e fáceis de usar. São ferramentas acessíveis de corte, efeitos visuais e sonoros e até um modo de criação para fazer vídeos com fotos e música.

“As funções podem deixar os vídeos mais personalizáveis e divertidos, e são simples de usar a partir da câmera do aplicativo, com clipes gravados na hora ou salvos no celular. Para ensinar como criar e editar vídeos pelo Kwai, o fotógrafo Felipe Gabriel, que também é criador de conteúdo visual, dá algumas dicas valiosas para deixar os vídeos mais interessantes. Confiora!

Primeiros passos
Deixar o vídeo mais interessante e atrativo é muito importante para se destacar em apps de vídeos curtos. Afinal, o vídeo é o seu chamariz para que outras pessoas conheçam o seu conteúdo. Mas antes de começar, vale se atentar a dicas simples, mas importantes: limpar a lente do celular e não gravar na contraluz. Também vale utilizar um dos filtros de cor do Kwai e finalizar clicando em “melhorar” para garantir um pequeno contraste à imagem.

Feito os ajustes iniciais, adicione ou grave um vídeo pela plataforma e solte a criatividade na produção de conteúdos divertidos. Faça uma introdução chamativa; depois, coloque um título que resuma a ideia do vídeo. Para inserir texto no Kwai é muito simples: o usuário deve ir até a ferramenta “texto”, onde conseguirá escolher o estilo que deseja utilizar. Em seguida, escreva dentro das marcas de segurança disponibilizadas no app e, na timeline, você poderá escolher o tempo de duração do vídeo. Por último, chame quem está assistindo para curtir e compartilhar.

Como fazer transições

As mudanças de cenas, também chamadas de transições, são algo bem popular e importante para aqueles que desejam criar conteúdos dinâmicos e diferentes na plataforma. Neste vídeo, o fotógrafo ensina a fazer três transições dentro do Kwai.

Como transformar um objeto em outro
Neste vídeo, o fotógrafo ensina como utilizar o recurso de transformação de objetos. Essa ferramenta proporciona um efeito de ilusão e surpresa, chamando a atenção do espectador:

Compartilhe:
Relacionadas
Tendências e Inovação

A revolução do self-checkout

O Diretor Comercial da Arius Sistemas, Rodnei Machado, explica que as soluções de autoatendimento, como o self-checkout, proporcionam mais autonomia e comodidade aos clientes Compartilhe:
Tendências e Inovação

Como promover a campanha Outubro Rosa nas empresas

Para Thaisa Batista, que é graduada em Administração pela UFPR, campanhas internas de empresas sobre o Outubro Rosa engaja colaboradores e estreita as relações com a comunidade. Compartilhe:
Tendências e Inovação

Inovação, atendimento e sustentabilidade faz empresa crescer na pandemia

O sócio-diretor da Boulle revela que entre os fatores essenciais para o resultado estão boa vontade, boas ideias e a sede de conhecimento sobre o mercado. Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.