Movimento Varejo

Pandemia consolida crescimento de vendas na internet

Segundo levantamento, mais de 10 milhões de brasileiros compraram pela primeira vez na internet durante a pandemia.

O e-commerce nunca vendeu tanto, conforme um levantamento feito por uma plataforma que atende 70 mil lojas online de pequenas e médias empresas na América Latina. No Brasil, as vendas se concentram principalmente na região Sudeste, mas estão se expandindo para o Nordeste e o Centro-Oeste. O volume de pedidos triplicou de 2 milhões em 2019 para 6 milhões em 2020.

“O e-commerce passou de representar os 5% do varejo do Brasil para 10%. Tem uma aceleração histórica”, afirma Alejandro Vázquez, co-fundador e diretor comercial da Nuvemshop.

Ainda de acordo com o levantamento, mais de 10 milhões de brasileiros compraram pela primeira vez na internet e quem já tinha o hábito começou a comprar produtos diferentes. Moda foi o segmento que mais vendeu no ano passado. Por causa da pandemia, muitos comerciantes tiveram que fechar a loja física e o jeito foi levar o negócio para o mundo virtual.

Com informações do Estado de São Paulo

Compartilhe:
Relacionadas
Movimento Varejo

Vendas do comércio varejistas crescem 1,2% e indicam retomada

Segundo a edição de setembro do Panorama do Comércio, depois do recuo observado em junho de 2021, o varejo voltou a registrar um resultado positivo no mês de julho. Compartilhe:
Movimento Varejo

Brasileiros querem fazer turismo nacional

Segundo a pesquisa Tomorrow’s Consumer, divulgada no primeiro dia de Latam Retail Show 2021, quase 60% dos brasileiros entre 60 e 80 anos desejam viajar pelo país Compartilhe:
Movimento Varejo

Abertura da Semana de Alimentação Fora do Lar tem clima de retomada com novidades

Diante de lideranças do setor e do poder público, Abrasel anunciou o Open Delivery, plataforma para facilitar a integração de pedidos que chegam por diversos sistemas. Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.