Movimento Varejo

9 dicas para usar o Telegram no seu negócio

Foto: DenPhotos/Shutterstock
Use o aplicativo para compartilhar informações, comunicados e conteúdos exclusivos

Já pensou em usar o Telegram, aplicativo gratuito de mensagens instantâneas, para impulsionar o seu negócio? Esta não é uma ferramenta nova, mas pode ajudar o negócio a aumentar o alcance e melhorar o relacionamento com o público.

Assim como no WhatsApp, por meio do Telegram, é possível compartilhar conteúdos em formatos variados, como áudio, texto e imagem. O app pode ser usado no celular e no computador e as mensagens instantâneas ficam guardadas na nuvem, o que garante que o usuário não perca nenhuma mensagem, caso esqueça de fazer o backup e troque de celular, além de economizar memória e permitir acessar às conversas em vários dispositivos.

Uma das diferenças em relação ao “app vizinho” é que os usuários podem criar canais com audiências ilimitadas e nos quais apenas o criador compartilha conteúdos; e grupos onde as pessoas podem interagir e enviar mensagens. Os grupos podem ter até 200 mil membros, enquanto no WhatsApp, o limite de integrantes é de 256.

“Se considerarmos que só com a criação de canais de transmissão, que possuem número ilimitado de contatos, você pode enviar as suas promoções, produtos, serviços e ainda pode promover o engajamento entre membros de grupos, não há como questionar o poder que o Telegram tem para marcas e empresas”, salienta Bruno Oliveira, diretor da PlanoB Marketing e diretor da Abradi/RN (Associação Brasileira de Agentes Digitais).

Para alguns especialistas, o Telegram oferece mais segurança e privacidade para os seus usuários, ao oferecer a opção de mensagens que se autodestroem depois de um tempo. “É uma excelente opção para relacionamento com o cliente e tem se apresentado como uma ferramenta mais estável e robusta”, aponta Oliveira.

Confira 9 dicas para você utilizar o Telegram no atendimento da sua empresa:

1. Crie um canal
Para começar a impulsionar o seu negócio no Telegram é preciso criar um canal, que permite transmitir suas mensagens para audiências ilimitadas e ter mais de um administrador responsável pelas postagens.

Para criar o seu canal, clique no ícone de “nova mensagem”, no canto superior direito do aplicativo, depois no botão “novo canal” e, por último, em “criar canal”. O app vai abrir uma janela para você incluir uma foto, o nome do canal e a descrição. Insira nestes campos informações da sua marca.

No Telegram, os grupos podem ter até 200 mil membros, enquanto no WhatsApp, o limite de integrantes é de 256
Foto: Carballo/Shutterstock

Por fim, defina se o canal será público ou privado. Neste último caso, os usuários só terão acesso ao canal com o link específico, divulgado apenas quando for de interesse da sua empresa.

2. Os grupos também são uma opção
Nos grupos do Telegram, os inscritos também podem enviar mensagens. O processo para criar um grupo no app é semelhante ao anterior. Clique no ícone de “nova mensagem” e, a seguir, em “novo grupo”. Adicione os membros – limite de até 200 mil participantes por grupo – e depois, crie o nome do grupo e insira uma foto.

Apesar de todos os membros poderem compartilhar informações, é possível moderar o nível de participação das pessoas. Por exemplo, você pode permitir ou não que os usuários enviem links, fotos e vídeos.

É possível ainda vincular um grupo a um canal, tornando a estratégia no Telegram mais completa. Para isso, entre no seu canal e clique no nome dele. Depois, vá em “editar”, no lado superior direito da tela. Na aba “conversa”, você consegue selecionar o grupo correspondente para fazer a vinculação.

3. Divulgue o seu canal/grupo
Agora que você já tem um canal/grupo, não esqueça de informar, que você está presente no Telegram, aos seus clientes e seguidores em outras redes. Deixe o link para o seu grupo ou canal na bio do Instagram, crie stories e postagens divulgando que sua marca está no app de mensagem. Da mesma forma, poste conteúdos destes outros canais no aplicativo para divulgá-los ao público.

4. Os bots podem facilitar a sua comunicação
Uma das funcionalidades mais úteis do Telegram é o uso de robôs para tarefas automatizadas. Eles são de diversos tipos e permitem programar postagens, criar adesivos e moderar bate-papos. É possível criar o seu próprio robô para funções personalizadas ou usar os que já existem dentro do app.

Para aproveitar os robôs, você precisa buscá-los no app como faria para encontrar qualquer outro contato. Para isso, clique no ícone de “nova mensagem” e insira o nome do robô que você deseja.

5. Mantenha uma frequência de postagens
Um calendário de publicações é importante para qualquer rede social e, com o Telegram, não é diferente. Ao definir uma frequência de postagens, você se organiza para criar os conteúdos com antecedência. Isso também cria expectativa nos usuários, que já estarão esperando a postagem.

Use o aplicativo para compartilhar informações, comunicados e conteúdos exclusivos, os quais os seguidores só podem ter acesso ali. Isso aumenta a curiosidade das pessoas e atrai quem está realmente interessado no que você tem a oferecer. Dê dicas em áudio, vídeo e texto para testar o que funciona melhor para a sua audiência, perguntando a preferência das pessoas, podendo até usar as enquetes para isso.

O robôs permitem programar postagens, criar adesivos e moderar bate-papos

Lembre-se: os inscritos recebem notificações a cada nova mensagem. Então, é importante equilibrar o número de postagens para não perturbar os membros do grupo ou do canal.

6. Contatos
O WhatsApp e o Telegram alimentam a base de contatos do usuário por meio do número de celular, ou seja, é necessário ter o número da pessoa para iniciar uma conversa. Porém, no Telegram, caso o usuário não queira compartilhar o seu número de telefone, tem a opção de escolher o nome de usuário para ser adicionado aos contatos.

7. O chat secreto e a autodestruição de histórico
Um diferencial do Telegram é o recurso de chat secreto, com criptografia de ponta a ponta, o que significa que as mensagens nunca irão para o servidor da empresa. Essa função só é permitida quando os dois usuários autorizam o chat secreto. Uma das partes escolhe o temporizador para que as mensagens se autodestruam e o histórico seja eliminado por completo. Além disso, é possível identificar quando uma pessoa tirou print screen da conversa.

8. Aplicativo de desktop
O Telegram e o WhatsApp funcionam em modo desktop, porém o segundo apenas pode ser habilitado enquanto o smartphone estiver conectado na internet e perto do computador. Já o aplicativo do Telegram funciona de maneira independente, permitindo que o usuário utilize as mesmas funções do celular, mesmo estando desconectado.

9. Hashtags e mensagens fixadas
Tanto nos grupos quanto nos canais, as mensagens podem ser fixadas no topo da conversa. Desta forma, mensagens importantes podem ser inseridas ali para facilitar a busca. Também existem as hashtags (#) que funcionam da mesma forma como no Twitter e no Instagram, ou seja, pode-se usar as tags para buscar conteúdos.

Com informações da Stone, Movidesk, Zendesk e NewWay.

Compartilhe:
Relacionadas
Movimento Varejo

Rio de Janeiro vai sediar a Convenção Latino-Americana de Supermercados

Presidente da ASSERJ, Fábio Queiróz, assinou o termo de compromisso, em evento no México, para a realização da convenção durante a próxima Super Rio Expofood, em março de 2023. Compartilhe:
Movimento Varejo

A pandemia acabou, e agora?

Confira cinco ações para criarem mais resiliência na experiência de compra do cliente e o varejo emergir ainda mais fortes no pós-pandemia. Compartilhe:
Movimento Varejo

Vinho é a bebida preferida de 49% dos brasileiros

Estudo da Wine mostra que o aumento do consumo de vinho no Brasil é pautado pela experiência, desde o momento da compra até a hora de beber Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.