Economia e Finanças

Inadimplência pode disparar no primeiro trimestre de 2021

Com a pandemia de Covid-19, era natural que o ano de 2020 fosse atípico e que as consequências geradas no Brasil fossem além das questões básicas de saúde, afetando também a economia do país.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), entre março e setembro do ano passado, o Brasil fechou mais de 870 mil postos de trabalho, sendo que a cada 100 demissões registradas, 64 ocorreram na região Sudeste, a mais populosa do país.

Naturalmente, isso também acabou afetando a inadimplência e ainda no começo da pandemia um levantamento da Deep Center, empresa de gestão da informação, análise de dados e inteligência, apontou que o número de falta de pagamento de contas por causa do desemprego aumentou 12 vezes.

Apesar da implementação do auxílio emergencial pelo Governo ter ajudado a amenizar a inadimplência durante a pandemia, estima-se que os números possam subir novamente neste ano devido ao fim do benefício.

De acordo com um relatório do Banco Central, o número de inadimplentes sofrerá uma disparada no primeiro trimestre de 2021 e, por isso, essa é a hora dos empreendedores procurarem soluções para monitorar melhor a situação dos seus clientes, o que torna a solução SPC Avisa uma ótima opção para o momento.

Com o SPC Avisa, o monitoramento dos clientes é 24 horas por dia
Além de permitir o monitoramento dos CPFs e CNPJs durante 24 horas, sete dias por semana, esta solução do SPC Brasil também apresenta informações atualizadas sobre qualquer inclusão, alteração ou exclusão de registro de inadimplência nos documentos, notificando o usuário via e-mail e/ou SMS.

Fora isso, o SPC Avisa também acaba sendo uma ótima maneira de combater fraudes, já que ele alerta sobre qualquer indício de que isso possa estar acontecendo.

Após um ano tão conturbado, alternativas como essa servem para deixar os empresários mais tranquilos para lidar com possíveis novas consequências que a pandemia continua trazendo para a nossa sociedade, dia após dia, e garantem uma tranquilidade maior de que suas vendas sofrerão menos impactos do que aqueles previstos.

No fim do dia, ainda é possível vender com segurança.

Aproveite, estamos com 30 dias de degustação clicando aqui.

Compartilhe:
Relacionadas
Economia e Finanças

Governo encaminha ao Congresso plano de redução de benefícios fiscais

Medida é fruto do compromisso firmado entre Legislativo e Executivo Compartilhe:
Economia e Finanças

Senado define ‘praça’ para cobrança do IPI

De acordo com o texto, “praça” é o município onde está situado o estabelecimento remetente, em caso de remessas de mercadorias para outro estabelecimento da mesma empresa ou de terceiros, ou ainda estabelecimento que opere exclusivamente em venda a varejo. Compartilhe:
Economia e Finanças

Projeto proíbe bancos de cobrar tarifa de PIX realizado por pessoas naturais e MEIs

Segundo o autor da proposta, o deputado Júnior Mano, a isenção deve ser aplicada em qualquer caso para esse público. Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.