Brasília 40°

Jorginho pede sessão do Congresso para análise de veto que prejudica MPEs

Preocupado com a “dificuldade e o desespero” do micro e pequeno empresário brasileiro, o senador Jorginho Melo (PL-SC) apelou, em pronunciamento no plenário, nesta terça-feira (22), para que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, convoque sessão do Congresso Nacional para apreciar o Veto 8/2022, ao projeto que institui o Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional (Relp).

Jorginho destacou que tanto os senadores, quanto os deputados federais, são conhecedores de todas as dificuldades por que passam o micro e pequeno empresário, e que a derrubada desse veto proporcionará melhores condições de subsistência aos pequenos negócios. Em sua opinião, o veto cairá por unanimidade, e assim será possível evitar o “desaparecimento” dessa classe empresarial no País.

— Lamento a dificuldade e o sofrimento do micro e do pequeno empresário, muitos dos quais, além de passar pela dificuldade da pandemia, quebraram e agora ficam mendigando a derrubada desse veto para poder regularizar suas contas, ter certidões, para poder continuar vivos. Faço um apelo dramático nesse sentido, e o faço justamente para que “possam continuar vivos”. Faço um apelo dramático a todas as lideranças: por favor, vamos pautar esse veto, porque isso é uma questão de sobrevivência para os micro e pequenos empresários do Brasil — afirmou.

Fonte: Agência Senado

Compartilhe:
Relacionadas
Brasília 40°

Bolsonaro sanciona lei que limita ICMS de combustíveis, mas veta compensação a estados

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto de lei que limita a aplicação de alíquotas de ICMS para combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo. A proposta classifica esses setores como essenciais e indispensáveis. Compartilhe:
Brasília 40°

Promulgada lei que ajusta regras de cobrança de PIS/Pasep e Cofins sobre etanol

Nova lei é oriunda da Medida Provisória 1100/22, publicada pelo Executivo em fevereiro e aprovada pelo Congresso neste mês. Compartilhe:
Brasília 40°

Câmara aprova limite para ICMS sobre combustíveis e compensação aos estados

Texto garante complementação da União para atingir os percentuais mínimos de aplicação em saúde e educação. Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.