Movimento Varejo

Vendas em julho cresceram 12,6% em relação a julho de 2019

Todas as regiões brasileiras mostraram vendas superiores tanto em valor como em quantidades de notas emitidas

As vendas no Brasil no mês de julho atingiram o maior patamar deste ano. No mês, as vendas tiveram resultado 7,3% maior que o mês de junho e 12,6% superior ao de julho de 2019. A média diária de vendas com a NFe atingiu R$ 25,8 bilhões em julho, o maior patamar do ano de 2020.

O gráfico de vendas semanais (soma) mostra uma recuperação progressiva das vendas. As semanas de julho tiveram vendas superiores a R$ 161 bilhões e registram o pico de R$ 205 bilhões na última semana do mês. A média de vendas semanais dos últimos três meses (maio, junho e julho) supera em 9% a média de vendas semanais do primeiro trimestre. As quantidades de notas fiscais eletrônicas (NF-e) emitidas permanecem em ascensão e superam as dos primeiros meses do ano.

O movimento agregado das notas fiscais eletrônicas (NFe) capta, principalmente, as vendas entre empresas de médio e grande porte, bem como as vendas não presenciais de empresas para pessoas físicas. Mais informações a respeito da NFe podem ser obtidas em https://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/principal.aspx.

Indústria e Comércio são destaques

Em julho de 2020, a Indústria obteve o melhor desempenho de vendas deste ano. A média diária de vendas registrou R$13,3 bilhões, representando aumento de 7,5% em relação a julho de 2019 e de 7,3% em relação a junho de 2020. O Comércio também apurou as maiores vendas em julho de 2020. A média diária de vendas com a nota fiscal eletrônica (NF-e) foi de R$ 9,8 bilhões, ou seja, aumento de 7,2% relação ao mês anterior. O comércio eletrônico apurou média diária de vendas 55,5% superior à média diária de julho de 2019.

Veja o boletim da Receita Federal clicando aqui.

Fonte: Receita Federal

Compartilhe:
Relacionadas
Movimento Varejo

Brasil reduz para 3 dias o tempo de abertura de negócios em todos os estados

Pela primeira vez, todos os estados brasileiros e o Distrito Federal reduziram o tempo de abertura de empresas e negócios no nosso país para menos de três dias. Os dados são do painel da Receita Federal, gestora do sistema integrador nacional. O último estado a bater este recorde foi a Bahia. Esse é o resultado do trabalho coletivo da REDESIM nas esferas federais, estaduais e municipais, marcando conquistas que desburocratizam a abertura de empresas no Brasil e beneficiam o empreendedor brasileiro. Compartilhe:
Movimento Varejo

Precifica organiza 1ª Pricing & Revenue Masterclasses

A Precifica, especialista em soluções de pricing, em parceria com Fabiano Coelho, PhD em Business Administration pela Florida Christian University e professor da Fundação Getulio Vargas (FGV), vai realizar a primeira edição das “Pricing & Revenue Masterclasses: à frente na digitalização exponencial”. As aulas acontecerão nos dias 2, 9, 16, 23 e 30 de agosto, das 19h às 20h30, e a inscrição pode ser feita por meio do site da Precifica (clique aqui). Compartilhe:
Movimento Varejo

Quais setores podem se beneficiar das tendências logísticas ao longo deste ano?

As empresas de entregas rápidas, por serem as encarregadas de chegar com os pedidos até os clientes, precisam ser capazes de entender os sentimentos deles, definindo as tendências logísticas do setor e agindo como um elo crucial dessa cadeia. Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.