Movimento Varejo

Flexibilização muda hábitos de compra on-line

Com a pandemia de coronavírus, as compras on-line ganharam mais força. Segundo uma pesquisa da Corebiz, empresa especializada em negócios digitais, o varejo cresceu 78% em 2020. Mas em 2021, com o início das campanhas de vacinação e uma retomada, mesmo que lenta, da “vida normal”, houve algumas mudanças nos segmentos preferidos do e-commerce. Enquanto os setores de moda e alimentação caem, cosméticos e casa seguem em alta.